Por Guilherme Coimbra com informações de Osmar Antônio

Bacellar participou da coletiva de imprensa no CT da Graciosa (Divulgação/Coritiba)

O Coritiba se reapresentou na tarde desta quarta-feira (4), no CT da Graciosa, em um dia agitado com apresentação de novos reforços. Em entrevista coletiva, o presidente Rogério Bacellar avaliou sua gestão no clube, garantiu a montagem de uma equipe competitiva e confirmou a proposta para repatriar o atacante Henrique Almeida, que está no Grêmio.

Em seu último ano de mandato, o presidente coxa-branca avaliou a sua gestão no clube. “Quando assumimos o Coritiba, nós precisávamos fazer alguma coisa dentro da parte administrativa, financeira e do próprio futebol. Então tivemos que reestruturar o clube como um todo, e isso nós conseguimos. Nós vamos preencher o último ano da minha gestão com o fôlego necessário tanto para montagem da equipe, como para trabalho do dia a dia dos nossos colaboradores”, afirmou.

Sobre os reforços, Bacellar preferiu não citar grandes nomes, mas garantiu que o clube está trabalhando para montar uma equipe competitiva. “Eu não vou dar passo maior que a perna de maneira nenhuma. Mas, simplesmente, o Coritiba vai ser muito mais competitivo do que dos anos anteriores. Disso eu tenho certeza”, disse.

O retorno do atacante Henrique Almeida, que está no Grêmio, não foi descartado por Bacellar, que confirmou que o Coritiba já fez uma proposta para o clube gaúcho pelo jogador. “Não só o Henrique Almeida, mas temos interesse em qualquer outro jogador, dentro das possibilidades do clube. Todo grande atleta que tenha o perfil que a comissão técnica quer para jogar no Coritiba, nós temos interesse e vamos atrás”, comentou. “Não temos problemas com investidor nenhum. Fizemos uma proposta pelo Henrique Almeida, o Grêmio aceitou e agora eles que se entendam com os investidores”, finalizou.