Divulgação/Coritiba
Sequência de vitórias reacendeu esperança de classificação e time prega foco para a “decisão” contra o Galo

Os quatro pontos que separam o Coritiba da zona de classificação à Libertadores e as três vitórias consecutivas no Campeonato Brasileiro devolveram a esperança ao time do Alto da Glória. Longe de ser fácil, a tarefa do Alviverde também não é impossível. O time terá mais quatro partidas pela frente para tentar o objetivo que escapou pelos dedos na final da Copa do Brasil.

Com a calculadora na mão, o elenco já incorporou o clima de decisão que permeia o próximo desafio, contra o Galo. “É jogo para vencer, a gente não está pensando nem no empate. É o jogo da vida do Atlético-MG e muito importante para nós. Mas vamos para frente, para buscar vencer”, avisou o atacante Leonardo, que deve ser mantido no time titular graças às boas atuações que tem feito desde que entrou para substituir Bill.

Das quatro partidas que restam, o Coxa vai enfrentar o Atlético-MG, em Sete Lagoas, o Santos e o Avaí no Couto Pereira e encerra a sua participação no clássico diante do Atlético-PR na Arena da Baixada. E se o Verdão conseguir repetir os resultados que conquistou contra estes times no primeiro turno, a torcida pode manter a esperança. Isso porque na primeira metade do campeonato, o Coritiba se manteve invicto contra os adversários que estão por vir.

No Couto Pereira, o time bateu o Atlético-MG e empatou com o Furacão; já fora de casa, passou pelo Santos de virada e deixou a Ressacada com um ponto na conta graças ao empate com o Avaí.Ao todo, foram oito pontos conquistados em 12 disputados. Meta audaciosa, e que, se melhorada, pode aproximar o time da classificação ao torneio continental.

Coritiba e Atlético-MG se enfrentam nesta quinta-feira (17), às 20h30, em Sete Lagoas, pela 35ª rodada do Brasileirão.