Por João Pedro Alves e Osmar Antônio

O Coritiba realizou na manhã desta terça-feira (11) o último treino no CT da Graciosa para a estreia na Copa do Brasil contra o Cene-MS, que acontece quinta-feira (13) em Campo Grande. E engana-se quem acha que o técnico Dado Cavalcanti manteve o mistério em relação à escalação. Nada disso, o time que vai ao estádio Morenão está definido e foi confirmado com algumas mudanças.

(Foto: Divulgação/Coritiba)

Roni volta a ficar à disposição após quase um mês no DM (Foto: Divulgação/Coritiba)

Talvez a principal delas seja o reaparecimento do meia-atacante Roni na equipe. Contratado no início do ano junto ao São Paulo, o jogador lesionou a coxa logo na estreia com a camisa alviverde e ficou quase um mês entregue ao departamento médico. Recuperado, ele ganha uma vaga no setor ofensivo nesta partida. “Independente do tempo, o mais importante é eu poder voltar bem”, disse.

Outras três mudanças são feitas pelo treinador em relação à escalação que enfrentou o Londrina no final de semana. Voltam à titularidade o zagueiro Luccas Claro, que cumpriu suspensão, o volante Germano, que não atuou por uma cláusula contratual, e o meia Alex, poupado pela comissão técnica.

Com esses ajustes, o Coxa está escalado para enfrentar o Cene com Vanderlei; Victor Ferraz, Luccas Claro, Chico e Carlinhos; Germano, Gil, Robinho e Alex; Roni e Julio César.

“Está definido. Talvez dentro do que fizemos dentro dos primeiros jogos do estadual, é algo que vai se repetir. Já atuamos com todas as peças, mas com uma definição previamente testada”, afirmou Dado após o treinamento em que definiu o Coritiba.

O confronto contra o Cene, válido pela primeira fase da Copa do Brasil, está marcado para as 21h50 de quinta-feira no estádio Morenão, em Campo Grande. Em caso de uma vitória por dois ou mais gols de diferença, o Coxa elimina o jogo da volta no Couto Pereira e avança para a fase seguinte da competição.

Quatro atletas permanecem em Curitiba

Mesmo com quatro retornos importantes, Dado Cavalcanti ainda teve problemas para escalar o time que estreia na Copa do Brasil: quatro são os desfalques coxas-brancas no centro-oeste brasileiro.

A lista é aberta pelo lateral Moacir, que ainda sente dores no quadril e foi mais uma vez vetado pelos médicos. É um caso semelhante ao do atacante Zé Love, que está com dores musculares e foi poupado da viagem para realizar um trabalho de fortalecimento na capital paranaense.

O zagueiro Leandro Almeida, que poderia ser novidade entre os relacionados, segue se recuperando de uma lesão na coxa no DM. Já o atacante Geraldo, que também realiza tratamento, viajou para a Angola devido ao falecimento de seu irmão.