O presidente do Coritiba, Vilson Ribeiro de Andrade, se indignou após a derrota para o Botafogo, dentro do Couto Pereira. O homem forte do Verdão, chegou a chamar os torcedores de imbecis.

“Eu não admito que a torcida fique xingando até a mulher de jogador aqui. Tem pessoas ofendendos jogadores, as esposas dos jogadores, isso é um absurdo”, falou Vilson, indignado ao final da partida. “E quem não estiver satisfeito com isso, que venha falar comigo. Mas quem manda no Coritiba sou eu”, completou.

O presidente ainda afirmou que é ele quem manda no Coritiba, e não vai deixar a pressão que vem das arquibancadas atrapalharem no trabalho que vem sendo feito. “Essa torcida imbecil que fica ofendendo jogador, podem tirar o cavalinho da chuva que quem manda aqui sou eu. Ofenderam mulher de jogador com criança no colo do meu lado. Quem fez isso veio me pedir desculpas depois, mas não adianta nada”, garantiu ele.

Vilson ainda reclamou da arbitragem omissa. “A arbitragem do futebol brasileiro é assim, eles apitam para o time que tem mais camisa”, finalizou ele.

Na coletiva do técnico Marcelo Oliveira, o presidente Vilson Ribeiro de Andrade esteve presente e acabou falando novamente sobre o assunto, amenizando suas declarações. “Eu falei daquilo de alguns torcedores, que tiveram atitudes deploráveis. Eu amo essa torcida do Coxa, mas sempre tem um ou outro que fazem estas coisas”, explicou.