Após perder o título da Copa do Brasil pelo segundo ano consecutivo, o presidente do Coritiba, Vilson Ribeiro de Andrade, pediu que o torcedor não menospreze o trabalho que vem sendo feito nos últimos anos, apesar de entender a chateação da torcida por conta da taça ter ido para o Palmeiras.

“Nós disputamos oito competições e chegamos a seis finais. Fomos tricampeões paranaenses, chegamos pela primeira vez na história na final da Copa do Brasil no ano passado, e de forma inédita chegamos pela segunda vez consecutiva, além de bater o recorde mundial de vitórias. Eu acho que esse é um trabalho que foi feito que tem que ser valorizado”, disse o dirigente.

O presidente lembrou ainda que quando essa diretoria assumiu o Coritiba, após o rebaixamento traumático em 2009, o clube não vivia um bom momento, porém, conseguiu se reestruturar e voltar a ser respeitado em todo o país. A prova disso, na visão de Vilson, são as duas finais consecutivas da Copa do Brasil, em 2011 e 2012.

“Temos que recordar um pouco, quando nós assumimos o clube no início de 2010, o Coritiba vivia num momento muito difícil, voltava da segunda divisão, com a sua autoestima lá embaixo, até por conta da invasão aqui no Couto Pereira, que foi uma mancha negra ao Coritiba. E nós assumimos essa diretoria em 2010 e fizemos uma reestruturação no planejamento do Coritiba”, finalizou Vilson Ribeiro de Andrade.