Por Pedro Melo com informações de Osmar Antônio

Anderson vestirá a camisa 18 no Coritiba. (Osmar Antônio/Banda B)

O meia Anderson foi apresentado oficialmente como novo reforço do Coritiba e quer deixar para trás o mau momento durante sua passagem pelo Internacional. Para isso, o jogador de 28 anos pediu publicamente para o técnico Paulo César Carpegiani para ter uma sequência dentro de campo.

“No Internacional, quando tive sequência, sempre mostrei bom futebol. Faltou pouco mais acreditar em mim. Deu muito para dar ao futebol e vamos concentrar agora no futebol do estado para conquistar o título que não ganhamos há quatro anos. Depois, vamos focar no Brasileiro”, declarou o meia.

A saída do meia no Colorado gaúcho não foi das melhoras e ele vinha treinado em separado desde a chegada do treinador Antônio Carlos Zago. Porém, no ano passado, Anderson foi pouco aproveitado na campanha do rebaixamento para a Série B e culpou os antigos comandantes pelo baixo desempenho. “Eu vim para ajudar o Coritiba. Eu posso atuar como volante e meia. Onde o professor achar que eu posso somar mais para o grupo, eu vou dar 100%”, comentou.

Durante sua carreira, Anderson jogou como volante e meia e deixou nas mãos de Carpegiani o lugar em que vai jogar dentro de campo. “Eu vim para ajudar o Coritiba. Eu posso atuar como volante e meia. Onde o professor achar que eu posso somar mais para o grupo, eu vou dar 100%”, disse.

O meia chegou para suprir um setor criticado por Paulo César Carpegiani. Com contrato vigente com o Internacional até o começo de 2019, Anderson foi emprestado ao Coxa até o final da temporada.