Por Rodrigo Dornelles com informações de Osmar Antônio

Depois de estar duas vezes atrás no placar, o Coritiba buscou um empate diante do Palmeiras, no Couto Pereira, nos acréscimos da etapa final. A equipe conseguiu um resultado de 2 a 2 e o técnico Pachequinho entende que mesmo jogando em casa, o empate deve ser encarado como ponto conquistado pelo Coxa.

Pachequinho valorizou gol de Leandro. (Divulgação/ Coritiba)

Pachequinho valorizou gol de Leandro. (Divulgação/ Coritiba)

Na visão do treinador coxa-branca, pelas circunstâncias do jogo e pela qualidade do adversário, o Verdão paranaense ganhou um ponto contra o Porco. Se não me engano a gente ganhou um ponto na classificação e passou. Esperávamos sim a vitória, entramos no Couto Pereira para ganhar sempre. Mas claro que dentro das circunstâncias do jogo a gente tem que comemorar esse ponto que vai nos ajudar”, comentou Pachequinho.

Apesar de valorizar o resultado frente ao Palmeiras, Pachequinho admitiu a necessidade de melhorar o desempenho defensivo do Coxa, que possui a defesa mais vazada do Campeonato Brasileiro. “A gente sabe que tem que melhorar, é fato, não escondemos de ninguém. A gente alterna as vezes o comportamento tático da equipe, e mesmo assim as vezes acaba tomando gol”, disse o comandante.

Outro ponto valorizado pelo técnico alviverde foi o gol marcado por Leandro, já nos acréscimos da etapa final, e que rendeu ao Coxa o empate na partida dessa quarta-feira (15). Para o treinador, o gol é importante para a sequência do atacante. “O gol foi muito importante, para levantar a auto estima desse atleta também”, comentou Pachequinho.