Por Pedro Melo com informações de Osmar Antônio

Carpegiani não pensa na sequência longa de partidas ainda em setembro. (Osmar Antônio/Banda B)

Carpegiani não pensa na sequência longa de partidas ainda em setembro. (Osmar Antônio/Banda B)

O Coritiba conseguiu a classificação para as oitavas de final da Copa Sul-Americana ao derrotar o Vitória por 1 a 0, no estádio Couto Pereira. Mesmo com um elenco reduzido, o Alviverde não poupou nenhum jogador e continuará jogando com força máxima na sequência da competição, de acordo com o técnico Paulo César Carpegiani.

Carpegiani afirmou que a vitória foi merecida e destacou a importância de avançar para a fase internacional da competição. “Não podemos descaracterizar a vitória do Coritiba que foi muita justa. Ainda do outro lado uma intenção da catimba, da forte marcação. Foi uma vitória muito boa porque é uma competição importantíssima a nível internacional e vamos jogar com tudo na outra fase”, comentou.

Com a classificação, o Alviverde aguarda Estudiantes ou Belgrano e os dois jogos acontecem ainda no mês de setembro. O treinador não lamenta a sequência de partida e mantém o pensamento somente no próximo compromisso. “Não tem muito o que lamentar, o binóculo está curto e nem sei quais são os quatro jogos. Sei apenas que temos o Grêmio e ainda temos essa dificuldade que o campeonato nos proporciona”, disse.

Lesão de Kleber

O atacante Kleber precisou ser substituído com apenas 10 minutos por lesão. O comandante assumiu a responsabilidade por ter escalado o jogador, mas admite que o próprio foi quem pediu para entrar em campo. “O Kleber tem o mesmo defeito que eu: não sabe ficar fora. O Kleber contra o Santa Cruz jogou machucado e fez o gol. Contra o Santos também virou dúvida e por mim, não iria escala-lo. E hoje tinha a menor lesão de todas e foi a que o tirou do jogo”, declarou.