Monique Vilela

Após a derrota de hoje por 2 a 0 para o Fluminense, o técnico Marcelo Oliveira classificou o jogo como equilibrado até a expulsão do lateral-direito Ayrton, aos 36 minutos do segundo tempo. Um minuto após a saída do jogador, o time carioca abriu o placar, e nos minutos seguintes, consolidou a vitória.

“Era um jogo difícil em qualquer circunstância, mas o Coritiba fez um jogo mais equilibrado. Até achei que a gente atacou mais, poderíamos ter feito o gol”, disse.”Não fomos omissos em nenhum momento e a saída do Ayrton acabou nos afetando. Nem deu tempo da gente se reorganizar e já sofremos o primeiro gol. Foi um jogo equilibrado até a expulsão”, completou.

Para o treinador, o Fluminense soube aproveitar a vantagem numérica para buscar a vitória em um momento em que o Coritiba atacava mais.”A gente lamenta, porque poderia ter sido diferente. É uma derrota que vai contra tudo que trabalhamos ao longo da semana”, analisou.

Por fim, apenas como detalhe extra da partida, Oliveira criticou a arbitragem, que não teria marcado algumas faltas para o Coritiba.”A arbitragem foi confusa, inverteu alguns lances. Não é desculpa, fica apenas como registro. O que eu gostei mesmo foi da luta do Coritiba”, disse o comandante coxa-branca.