Por Rodrigo Dornelles com informações de Osmar Antônio

Defender o estado, a cidade, o clube. Pensar como time grande, buscar sempre a vitória e não temer adversário algum. Esse é o objetivo de Pachequinho no comando do Coritiba. O treinador alviverde destaca a busca por colocar na cabeça dos seus jogadores a mentalidade de sempre lutar pelas vitórias, dentro ou fora de casa, contra o líder ou o lanterna.

Ex-jogador do Coxa, o técnico conhece o clube como poucos. E é a história verde e branca que o comandante tenta passar para seus jogadores para defender que o time busque sempre a vitória. É com esse pensamento que Pachequinho trabalha o grupo para as partidas do Campeonato Brasileiro.

Pachequinho entende que Coxa não deve nada a nenhum outro do Brasileiro. (Osmar Antônio/ Banda B)

Pachequinho entende que Coxa não deve nada a nenhum outro do Brasileiro. (Osmar Antônio/ Banda B)

Na visão do treinador, o time alviverde não deve nada a nenhuma outra equipe da competição e por isso deve sempre pensar em vencer. “Minha preleção se iniciou contra o Fluminense pedindo a vitória. O futebol se decide muito no detalhe, tanto a favor como contra. Nossa equipe, apesar de estar na zona de rebaixamento, não deve nada a nenhuma outra do futebol brasileiro, os jogos mostraram isso. Por quê não pensar grande? Por quê não colocar na cabeça dos atletas que podemos estar lá em cima. Não adianta eu chegar para os atletas e falar que temos que jogar fechados, por uma bola, jamais vou fazer isso. Se nós temermos algum adversário, vamos perder os jogos, vamos ter dificuldades”, disse Pachequinho.

Tomando o Rio Grande do Sul como exemplo, o comandante coxa-branca fala da importância de se defender o Coritiba, Curitiba e o Paraná, sem temer quem venha pela frente. “Se nós colocarmos na cabeça que temos potencial, capacidade, para enfrentar qualquer adversário e não temer, por que não ter essa cultura? Temos que pensar como grande, temos que brigar pelo nosso estado, pela nossa cidade, pelo nosso time. Vejo muito o Rio Grande do Sul com esse pensamento. Temos que crescer, o Coritiba é campeão brasileiro, a gente tem que crescer e tento colocar isso para os atletas. Não vamos temer nenhum adversário, em casa ou fora, e vamos sempre buscar a vitória”, afirmou o técnico.

Com esse pensamento, Pachequinho trabalha o time para encarar um confronto direto contra o Botafogo, no Couto Pereira, neste sábado (9). A partida coloca dois times separados por um ponto na classificação frente a frente. Uma vitória do Coxa no jogo que está marcado para as 16h30 pode tirar a equipe do Z4 do Brasileirão.