Por Pedro Melo com informações de Osmar Antônio

Pachequinho afirma que o Coxa não pode repetir o mesmo desempenho contra o Inter. (Divulgação/Coritiba)

Pachequinho afirma que o Coxa não pode repetir o mesmo desempenho contra o Inter. (Divulgação/Coritiba)

O Coritiba deixou o campo com mais uma derrota no Campeonato Brasileiro e perdeu para o América-MG por 2 a 1. O resultado impede que o Coxa suba na tabela de classificação e deixa a equipe brigando pelas últimas colocações.

Na entrevista coletiva, o técnico Pachequinho lamentou mais uma vez erros defensivos que culminaram nos gols do América e declarou que as falhas estão prejudicando o trabalho da equipe. “Mais uma vez a gente peca nos detalhes. Temos conversado, foi passado na palestra sobre essa atenção e não podemos dar chance para o adversário. Tem que estar ligado no jogo e mais uma vez a equipe pecou nesse aspecto. A gente lamenta essas falhas pontuais que estão prejudicando nosso trabalho”, comentou.

No primeiro gol do América-MG, o goleiro Wilson errou em soltar a bola nos pés de Adalberto, enquanto, na virada, Rafael Marques deixou livre de marcação e ainda ficou pedindo impedimento. Para o treinador, os jogadores não tem culpa pelos gols e o erro foi de todos do time.

“O erro é coletivo. Os adversários não dão essas oportunidades, então, a gente também não pode. Os jogadores sabem que pecamos nesse aspecto e depois do 1 a 0, precisávamos de tranquilidade. Foi muito rápido empate e também a virada”, afirmou o comandante.

Pachequinho espera que o Coxa não cometa os mesmos equívocos e ressaltou a importância de melhorar o desempenho para a próxima rodada contra o Internacional. “A gente pensa grande em pontuar, queríamos os três pontos e o jogo poderia ter sido muito mais fácil, mas alguns erros nos puniram. Temos que fazer um bom jogo contra o Inter, recuperar esse resultado e vamos conversar novamente sobre postura tática ofensiva e defensiva forte também”, finalizou.