Suspenso pelo STJD por conta da reclamação contra a arbitragem na final da Copa do Brasil, o técnico Marcelo Oliveira teve sua pena revertida na doação de R$ 5 mil em cestas básicas, e por isso, está liberado para dirigir o Coritiba na partida desta noite, contra o Palmeiras, às 21h, no Couto Pereira.

E o treinador não esconde qual postura espera do Verdão no jogo de logo mais. “Espero o Coritiba de sempre deste um ano e seis meses que estou aqui, forte e competitivo. Poucas vezes fomos tão mal quanto em Campinas (derrota por 4 a 1 para a Ponte Preta). Ganhar ou perder faz parte do jogo, não podemos admitir é o adversário competindo e lutando mais do que a gente”, disse.

A partida desta noite marca o reencontro entre Coritiba e Palmeiras, finalistas da Copa do Brasil, uma semana após o título ter ido para a equipe paulista. O treinador coxa-branca, no entanto, vê o duelo de hoje como uma oportunidade de voltar a vencer no Brasileirão e deixar de vez a zona de rebaixamento da competição.

“É mais uma rodada do Brasileiro, temos que entender cada jogo como uma final. Coincidentemente temos o Palmeiras pela frente. Não muda nada em relação as outros jogos do Brasileiro, a vontade tem que ser a mesma”, finalizou o técnico Marcelo Oliveira.