Monique Vilela

Após o empate desta noite em 1 a 1 com o Palmeiras, que deixou o Coritiba com o vice-campeonato da Copa do Brasil, o técnico Marcelo Oliveira elogiou a determinação do elenco coxa-branca, que em nenhum momento deixou de lutar pelo título.

“Uma coisa boa é que você pode chegar no vestiário e saber que lutamos com todas as forças para esse título. Os jogadores estão tristes, mas sabem que fizeram tudo que era possível”, disse o treinador.”Fica a honra de comandar um grupo tão comprometido como esse, que se dedica muito e faz de tudo pelo bem do Coritiba”, completou.

Ao contrário do jogo de ida, Oliveira não reclamou da arbitragem.”O árbitro não interferiu em nada, hoje foi tudo mérito do Palmeiras.Acho que o campo atrapalhou o nosso toque de bola e o Palmeiras ficou esperando um erro nosso para sair no contra-ataque. Demoramos para fazer o primeiro gol e logo depois sofremos um gol”, disse o comandante alviverde.

Treinador também no vice-campeonato de 2011, Oliveira admite certa frustração por novamente bater na trave, mas preferiu exaltar as duas campanhas que levaram o time a finais consecutivas da Copa do Brasil. “Nós lamentamos, até porque perdemos o título em três bolas parada. Fica aquele sentimento de que perdemos de novo. Mas nós chegamos duas vezes e o Coritiba nunca tinha chego antes”, finalizou.