Com larga experiência em categorias de base, Marquinhos Santos inicia um novo desafio em sua carreira ao assumir a equipe principal do Coritiba, após a demissão de Marcelo Oliveira. O novo treinador alviverde já foi apresentado ao grupo de jogadores e estreia na partida deste sábado, contra o Flamengo, às 18h30, no Couto Pereira.

Marquinhos Santos chega ao Verdão em um momento delicado, em que a equipe encontra-se na 16ª colocação do Campeonato Brasileiro, lutando contra o rebaixamento. O treinador, no entanto, diz que o Coritiba tem tudo para reverter esse momento ruim, subir na tabela de classificação e almejar coisas maiores no segundo turno da Série A.

“Nós temos que pensar gradativamente. Nosso pensamento é jogo a jogo, não adianta nós pensarmos no dia 2 de dezembro. Nós temos que pensar já e já é o Flamengo no sábado. Nós estamos dentro de casa, nós temos que ter atitude dentro de casa. O Couto Pereira é nossa casa e com a presença do torcedor, eu não tenho dúvida que sábado começa essa reação frente ao Flamengo”, disse.

Treinador mais novo entre os 40 clubes das Séries A e B (apenas 33 anos), Marquinhos Santos acredita que não encontrará dificuldades para trabalhar no Coritiba pelo fato de nunca ter treinado um time profissional em sua carreira. Para o novo técnico alviverde, a questão da idade não pode ser algo tão revelante no mundo do futebol.

“Eu acho que a questão de idade tem que ser quebrada dentro do futebol, porque nós estamos vendo jogadores talentosos sendo lançados com 16, 17 ou 18 anos. E ter esse convite de um grande clube como o Coritiba leva a crer que a mentalidade no futebol está mudando. E mesmo sendo jovem eu tenho muita experiência dentro do futebol, a minha vida inteira foi dentro de campo. Desde os 18 anos eu venho me formando como treinador. Sou um profissional do futebol ao longo de 22 anos”, afirmou.