Por João Pedro Alves

A tabela do Paranaense reservou um jogo especial para a noite desta quarta-feira (19), válido pela sétima rodada da competição. Trata-se do duelo entre Coritiba e J.Malucelli no estádio Couto Pereira, a milésima partida da carreira do meia Alex. Só isso já bastaria, mas tem mais: coloca à prova a invencibilidade do “caçula da capital”, que vem fazendo campanha de gente grande e é o líder isolado.

A motivação alviverde para este compromisso está lá em cima. A vitória já seria um presente à marca histórica que o capitão irá alcançar, e ainda ganhou um sentimento especial de “quebra de tabu”. Até porque a campanha do Jotinha até aqui é irretocável, com três vitórias e três empates em seis jogos. Os 12 pontos conquistados colocam o time do Barigui na ponta da tabela dois pontos à frente do vice-líder Londrina.

Contra um adversário que vem embalado, o ideal era que o Coritiba pudesse contar com força máxima. Não é o que vai acontecer. Além do meia-atacante Roni, que sofreu uma lesão na coxa, de última hora também surgiu o desfalque permanente de Willian, negociado com o Cruzeiro.

O substituto no setor ofensivo já está definido, e a vaga de Roni será de Geraldo. Na outra lacuna, ainda há definição. A tendência é que o técnico Dado Cavalcanti mexa o mínimo possível e coloque Robinho ou Norberto como titular. Outra possibilidade é adiantar Moacir para o meio-campo e promover a entrada de Victor Ferraz na lateral.

A provável escalação coxa-branca é formada por Vanderlei; Moacir, Luccas Claro, Leandro Almeida e Carlinhos;  Gil, Germano, Norberto (Robinho ou Victor Ferraz) e Alex; Geraldo e Deivid.

Notícias relacionadas:

Comemorações à parte, Alex garante que jogo mil é apenas mais um: “Clima normal”

FICHA TÉCNICA
CORITIBA X J.MALUCELLI

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR).
Data: 19 de fevereiro de 2014, quarta-feira.
Horário: 19h30.

Coritiba: Vanderlei; Moacir, Luccas Claro, Leandro Almeida e Carlinhos; Gil, Germano, Robinho (Norberto ou Victor Ferraz) e Alex; Geraldo e Deivid.
Técnico: Dado Cavalcanti.

J.Malucelli: Edvaldo; Dedoné, Leandro Silva, Alex Fraga e Wellington; Tomas, Baiano, Cleiton, Bruno Batata;Thiago Santos  e Getterson.
Técnico: Sandro Forner.