Depois de uma sequência de três jogos sem vencer, o Coritiba fez as pazes com a vitória diante de sua torcida. Na tarde deste domingo, no Couto Pereira, o Verdão venceu o lanterna América-MG por 3 a 1, de virada, com dois belos gols de Rafinha e Davi.

Com mais três pontos, o Coxa chega a 45 fica na 11ª colocação, mas se mantém a sete pontos de distância do G5. Na próxima rodada, o Verdão vai até São Paulo enfrentar o Palmeiras, o 13º colocado.

América sai na frente, mas Coritiba vira com dois golaços

O jogo começou em ritmo lento, com poucas oportunidades de gol até os 15 minutos. Até que, aos 17 minutos, Kempes arrancou pela direita, driblou seu marcador e bateu para o fundo das redes: 1 a 0 América. Mal deu tempo da torcida alviverde lamentar o gol do adversário e o Coritiba empatou. Aos 19, Rafinha recebeu dentro da área, limpou o zagueiro e marcou um belo gol no Couto Pereira: 1 a 1.

Após o empate, o Coxa foi pra cima e não demorou a virar o placar. Aos 24 minutos, Davi bateu forte, na saída de Neneca, com muita categoria: 2 a 1 Coritiba. O tempo passava e a partida seguia equilibrada, porque o América não jogava recuado e também criava oportunidades de gol, principalmente com Amaral, que desperdiçou três chances. O Coritiba não fazia uma apresentação espetacular, mas foi para o vestiário vencendo por 2 a 1, de virada.

Jogo cai de ritmo, mas Coritiba segue melhor em campo

A etapa final se mostrou truncada, com muitas faltas e poucas jogadas de ataque. O América buscava o empate, mas o Coxa tinha domínio da partida. O primeiro bom lance só foi acontecer aos 27 minutos, quando Léo Gago soltou uma bomba e Neneca fez grande defesa. Um minuto depois, Éverton Costa desperdiçou uma chance incrível de marcar o terceiro, mas o atacante coxa-branca estava em posição de impedimento.

O jogo seguia em ritmo lento, sem que o Verdão pressionasse o América. Mas o Coritiba tocava a bola com tranquilidade e não corria riscos por parte do adversário. Aos 37 minutos, Gilson cometeu dura falta em Rafinha, recebeu o segundo amarelo e foi expulso de campo. Com um jogador a mais, a equipe alviverde fechou o caixão do Coelho aos 41 minutos. Marcos Aurélio cobrou falta, Jeci subiu mais que a zaga adversária, e cabeceou para o fundo das redes: 3 a 1 Coritiba, fim de jogo no Couto Pereira.