Ouça o áudio

Alexandre Vidal/Fla Imagem

No momento em que era criticado pela torcida, Maranhão investiu na jogada individual e, na falha de Ronaldinho Gaúcho, fez o segundo do Coxa sobre o Flamengo

Diante do torcedor, o Coxa resolveu a peleja com o Flamengo ainda no primeiro tempo de jogo. Com gols dos substitutos Leonardo e Maranhão, o Verdão passou pelo Rubro-negro por 2 a 0 e manteve o tabu de não perder para o time carioca no Couto Pereira desde 1998. Na velocidade, Rafinha infernizou o lado esquerdo do Rubro-negro e foi o comandante da criação coxa-branca no que foi a terceira vitória consecutiva do Alviverde no Brasileirão. (Ouça os gols na narração de Fernando César)

Com a 14ª vitória, o Coritiba subiu para a 9ª colocação e foi a 51 pontos, ficando a quatro do G5. Na próxima rodada, o Alviverde vai até Minas Gerais para enfrentar o Atlético-MG.

Flamengo pressiona, mas Coxa resolve

No ataque, o Coxa começou na pressão pra cima do Flamengo e obrigou Felipe a trabalhar já no primeiros minutos de jogo. Depois, porém, passou a ser envolvido pelo toque rápido do Flamengo, que teve sua primeira chance de gol aos 7 minutos na trama de Ronaldinho Gaúcho e Thiago Neves, em um cruzamento que saiu pela linha de fundo.

No jogo amarrado, o Verdão insistiu pelo meio campo e foi constantemente parado pela marcação bem postada do Mengo. A solução foi tentar de longa distância, como fez Davi aos 27, assustando a defesa carioca. Dois minutos depois, Leonardo aproveitou o escanteio e, livre de marcação, mandou de voleio no canto de Felipe para abrir o placar.

O gol acendeu o Coxa e desorganizado, o time de Luxemburgo levou o segundo seis minutos depois. Aos 35, Maranhão — até então criticado pela torcida —, aproveitou a falha de Ronaldinho Gaúcho, deixou a zaga na saudade e contou com o desvio da zaga para fazer o seu segundo gol do Brasileirão.

Jogo aberto

Francamente disposto a reduzir o prejuízo, o Flamengo recomeçou todo no ataque. Com o jogo aberto, o Coxa se aproveitou dos contra golpes para tentar matar o jogo, como aos 10 minutos, quando Marcos Aurélio arriscou e a bola passou tirando tinta da trave. Rafinha também saiu na velocidade e tocou pra Davi, parado pela boa defesa de Felipe.

Além de pressionar, o Flamengo também reclamou bastante da arbitragem. Fosse com pedidos de falta, cartão e impedimentos, Ronaldinho Gaúcho chamou mais atenção pelas bravatas que pelo futebol apresentado. Já disposto a segurar o placar, o técnico Marcelo Oliveira mexeu no time e colocou Leandro Donizete no meio campo para reforçar a marcação e tentar anular as jogadas de ataque do Mengo.

Derrotados, os comandados de Luxembrugo não conseguiram quebrar o tabu de não vencer o Coxa no Couto Pereira há 13 anos. O Verdão, por sua vez, conseguiu emendar uma sequência de três vitórias consecutivas pela primeira vez em todas as 34 rodadas do Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Brasileiro 2011 – 34ª rodada
Coritiba 2 x 0 Flamengo

Local: Couto Pereira
Data: 13/11/2011
Horário: 17h

Árbitro: Jailson Macedo Freitas/ BA (CBF)
Assistentes: Luiz Carlos Silva Teixeira/ BA (CBF) e Adson Marcio Lopes Leal/BA (CBF)
4º árbitro: José Acácio da Rocha/ SC

Coritiba: Vanderlei, Maranhão, Jeci, Emerson, Willian Farias, Lucas Mendes, Rafinha, Léo Gago, Leonardo (Bill), Marcos Aurélio (Leandro Donizete) e Davi (Everton Costa). Técnico: Marcelo Oliveira

Flamengo: Felipe, Léo Moura (Jael), David Braz, Ronaldo Angelim, Junior Cesar, Airton (Fierro), Renato, Thomas (Willians), Thiago Neves, Ronaldinho Gaúcho e Deivid. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Cartões Amarelos: Ronaldo Angelim (Flamengo), Renato Abreu (Flamengo), Felipe (Flamengo), Everton Costa (Coritiba), Leandro Donizete (Coritiba), Lucas Mendes (Coritiba).

Gols: Leonardo (Coritiba), aos 29 min do 1º tempo; Maranhão (Coritiba), aos 35 min do 1º tempo.

Público pagante: 23.877
Público Total: 26.229
Renda: R$644.660,00

Brasileiro 2011 – 34ª rodada

Coritibax Flamengo
Local: Couto Pereira
Data: 13/11/2011
Horário: 17h

Árbitro: Jailson Macedo Freitas/ BA (CBF)
Assistentes: Luiz Carlos Silva Teixeira/ BA (CBF) e Adson Marcio Lopes Leal/BA (CBF)
4º árbitro: José Acácio da Rocha/ SC

Coritiba:Vanderlei, Maranhão, Jeci, Emerson, Willian Farias, Lucas Mendes, Rafinha, Léo Gago, Leonardo (Bill), Marcos Aurélio (Leandro Donizete) e Davi (Everton Costa).
Técnico: Marcelo Oliveira
Banco: Edson Bastos, Willian Leandro, Pereira, Leandro Donizete, Everton Costa, Geraldo e Bill.

Flamengo:Felipe, Léo Moura (Jael), David Braz, Ronaldo Angelim, Junior Cesar, Airton (Fierro), Renato, Thomas (Willians), Thiago Neves, Ronaldinho Gaúcho e Deivid.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo
Banco: Paulo Victor, Fierro, Maldonado, Jael, Willians, Gustavo e Vander.

Cartões Amarelos: Ronaldo Angelim (Flamengo), Renato Abreu (Flamengo), Felipe (Flamengo), Everton Costa (Coritiba), Leandro Donizete (Coritiba), Lucas Mendes (Coritiba).

Cartões Vermelhos: não houve.

Gols: Leonardo (Coritiba), aos 29 min do 1º tempo; Maranhão (Coritiba), aos 35 min do 1º tempo.

Público pagante: 23.877
Público Total: 26.229
Renda R$644.660,00