Após a vitória maiúscula do Coritiba sobre o Flamengo, por 3 a 0, o estreante Marquinhos Santos, novo técnico do Coritiba, garantiu que os atletas entenderam a sua filosofia de jogo e isso foi crucial.

Questionado sobre ser o responsável pela união do grupo, Marquinhos Santos garantiu que o grupo do Coxa sempre foi unido. “O grupo sempre esteve unido, não foi a minha chegada que uniu. O projeto está sendo feito de 2010, eu conheço esse projeto e por isso eu aceitei vir para o Coxa”, disse ele.

Apesar do pouco tempo para treinar e conversar, o importante foi os jogadores entenderem a sua filosofia. “Nós tivemos apenas 40 minutos para conversar e fiz com que os atletas entendessem a minha filosofia de jogo e que precisávamos ter esse resultado positivo. O Coritiba não pode estar nessa situação”, garantiu Marquinhos Santos.

O novo treinador do Coxa lembrou que foi muito bem acolhido pelo elenco e se disse muito feliz pela chance que recebeu. “Eu só tenho a agradecer da forma como este grupo me acolheu”, contou.

Elogiado por Lincoln, o técnico Marquinhos Santos falou muito bem do camisa 10 Alviverde. “O Lincoln é um jogador altamente técnico, e eu gosto de jogadores assim, eu sei da qualidade e da liderança que ele tem e por isso ele entrou como titular e como capitão”, disse o novo treinador Coxa-Branca.

O segredo para a vitória e para este início de trabalho, segundo Marquinhos, é ter dado liberadade para os jogadores após deixar claro a sua filosofia. “Eu dei liberadade para os jogadores exercerem suas funções mesmo entendendo a minha filosofia de jogar”, finalizou.