Por Pedro Melo com informações de Osmar Antônio

Márcio Goiano estará no banco como técnico do Coritiba no clássico. (Osmar Antônio/Banda B)

Márcio Goiano espera casa cheia nas próximas partidas do Coxa no Couto Pereira. (Osmar Antônio/Banda B)

O Coritiba conseguiu uma vitória muito importante para suas pretensões no Campeonato Brasileiro ao derrotar o Atlético no clássico por 1 a 0. O gol da vitória no Atletiba foi marcado pelo atacante Kazim-Richards, que precisou de apenas 18 minutos para deixar a sua primeira marca com a camisa coxa-branca.

Substituto de Pachequinho, o auxiliar Márcio Goiano revelou que a entrada de Kazim-Richards durante a partida foi um dos cenários estudados pela comissão técnica antes mesmo da partida. “A gente discute muito todos os cenários que podem acontecer no jogo de bom e também de ruim. Um dos cenários discutidos foi a entrada do Kazim”, comentou.

Kazim-Richards entrou na partida aos 18 minutos do segundo tempo e precisou de menos de 20 minutos para marcar seu primeiro gol no Alviverde. O auxiliar coxa-branca contou a conversa que teve com o turco antes dele entrar. “Pedi para ele ficar próximo do gol e Kazim tem estrela. Isso mostra que o cara é pé-quente”, disse.

Em relação a importância da vitória, Márcio Goiano explicou que o triunfo só aconteceu graças ao apoio da torcida. “Por detalhes a gente vinha deixando escapar a vitória. Uma vitória no Atletiba tem que ser comemorada, o torcedor nos ajudou do início ao fim e a gente precisava dele. O torcedor nos abraçou novamente e com a vitória, vai ficar casa cheia nos jogos também”, afirmou.

O Coritiba volta a campo já no próximo sábado (02), às 16h, contra o Fluminense. “No sábado temos outra parada dura. No Brasileiro não tem moleza”, finalizou Goiano.