Divulgação/Coritiba
Davi atuou em seis partidas pelo Coxa no Campeonato Brasileiro e não joga desde o dia 6 de agosto

Sem nenhum jogador suspenso, o Coritiba tem força máxima para enfrentar o Grêmio no sábado (8), às 18h, no Couto Pereira. Para o jogo, o técnico Marcelo Oliveira não poderá contar com o titular na zaga nas últimas cinco partidas, Luccas Claro, que já está junto à delegação da Seleção Brasileira para a disputa dos jogos Pan-Americanos de Guadalajara. Assim, quem deve ganhar nova chance é Jeci, que estava afastado do time para se tratar de uma lesão no tornozelo. Também liberado pelo departamento médico, Pereira deve ficar à disposição no banco de reservas.

Liberados desde a última rodada, o meia Davi, que não atua desde o dia 6 de agosto, além de Pereira ficaram em Curitiba a pedido da equipe médica do clube. “Eles só não viajaram no último jogo porque o departamento físico achou por bem não levá-los, mas agora eles estão treinando melhor, vão entrar e vão ser observados durante a semana”, afirmou o técnico, dando pistas do time que enfrenta o tricolor gaúcho. “Dentro de casa a gente tem atuado bem com essa base de time e provavelmente a gente comece com esse time que vem jogando”, completou.

Na base do mistério, o treinador não confirma o time que enfrenta o Tricolor Gaúcho. Na zaga, a briga fica mesmo entre Jeci e Pereira, que não atua desde a derrota para o Atlético-GO, no dia 31 de agosto. Já no meio campo, Everton Costa deve ser mantido no time titular como substituto de Rafinha, lesionado. Mudam, porém, as opções no banco de reservas que possivelmente terá de volta o meia Davi. “Fiquei tempo sem jogar, eu acho que isso dificulta um pouco, mas eu estou aqui para ajudar o Coritiba. Se for preciso, estou pronto para ajudar 120 minutos”, afirmou o jogador.