O Coritiba não conseguiu uma vitória nesta noite de quinta-feira (19), contra o Palmeiras pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico Marcelo Oliveira admitiu que o empate teve sabor de derrota e o emocional ainda está pesando.

Para Marcelo, o trabalho do Coritiba foi quebrado com o gol do Palmeiras aos 5 minutos da primeira etapa. “Desde o começo, a proposta era de pressionar, não deixar o time deles jogar, mas acabamos levando um gol muito cedo e daí não conseguimos muito sair no primeiro tempo”, analisou.

Já a segunda etapa, o Verdão voltou melhor, mas não conseguiu nada além de empatar o jogo. “No segundo tempo foi uma pressão grande do Coritiba, as vezes até desorganizado, mas tivemos umas três oportunidades, o problema é que não foi o suficiente”, lembrou.

Mesmo saindo da zona de rebaixamento, o comandante do Coritiba admitiu que o empate não foi bom. “Foi um empate com sabor de derrota. Nós tinhamos obrigação de conquistar o resultado hoje para nos recolocar no caminho. Nós temos que melhorar a nossa produção”, garantiu.

Após perder a Copa do Brasil para o mesmo Palmeiras, há pouco mais de uma semana, Marcelo Oliveira disse que a final ainda está na cabeça de todos dentro do clube. “O problema emocional está afetando, porque perdemos mais uma vez uma final e isso ainda passa pela cabeça de todos, isso ainda é falado todos os dias”, finalizou o técnico Alviverde.