Divulgação/Grêmio
Dois gols no segundo tempo marcaram a vitória gremista sobre o Coxa no primeiro turno

Como terceiro time que mais finaliza no Campeonato Brasileiro, o Coxa recebe o Grêmio, equipe que tem a segunda maior média de desarmes do Nacional. E em uma situação rara, o técnico Marcelo Oliveira não terá nenhum jogador suspenso para o jogo que será realizado neste sábado (8), no Estádio Couto Pereira.

No primeiro turno, o Alviverde viu o Tricolor Gaúcho vencer por 2 a 0, com dois gols no segundo tempo do jogo no Olímpico. “Temos lembrança do jogo que foi equilibrado e nós nos distraimos”, recorda Marcelo Oliveira. “Sempre trazemos o quie acontece nos jogos para os jogadores entenderem o que está bom e no que estamos pecando”, completa o técnico, que ainda não confirmou os substitutos de Luccas Claro e Rafinha.

Para frear o ímpeto de crescimento que o Grêmio protagoniza no campeonato —o time de Celso Roth já é o 9º colocado na tabela, após vencer o Santos por 1 a 0 —, o Coxa aposta na marcação que levou o elenco do Alto da Glória ao posto de líder em número de faltas no Brasileirão, com média de quase 22 por jogo. “Nesse momento a gente não pode pensar tanto em cartões amarelos. Temos que pensar em jogar forte, respeitar o adversário e a arbitragem, mas marcar forte”, defende Oliveira.

E é justamente devido a um cartão amarelo que o poderio do meio campo gremista vem desfalcado para o jogo contra o Alviverde. Após levar o ser penalizado pelo terceiro cartão na partida diante do Peixe, o camisa 10 do time gaúcho, Douglas, cumpre suspensão e não entra em campo. “Estávamos nessa situação dos dois com o segundo cartão amarelo. Eles são experientes e estavam administrando bem. Hoje aconteceu, uma hora aconteceria. O Douglas sai, e é natural que o Marquinhos ocupe este lugar”, avisa Roth, que tem Miralles, Diego Clementino e Adílson como opções.