O meia Rafinha teve que ser substituído no segundo tempo do clássico Atletiba deste domingo por conta de dores no tornozelo direito. O jogador recebeu atendimento médico assim que deixou o gramado do Couto Pereira e foi visto chorando no banco de reservas do Coritiba, enquanto recebia gelo na região lesionada.

A situação de Rafinha, no entanto, não preocupa muito o departamento médico do Verdão e ele nem precisará passar por exames mais detalhados. Até a próxima quarta-feira, o atleta realizará um trabalho intenso de fisioterapia, quando será novamente avaliado pelos médicos do Coxa.

Sendo assim, Rafinha pode até reunir condições de enfrentar o Paysandu, na próxima quinta-feira, às 19h30, no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.