Como o Santos já iniciou a preparação para o Mundial de Clubes da FIFA, que será realizado em dezembro, no Japão, o time que virá para Curitiba enfrentar o Coxa é formado por jogadores considerados reservas. As grandes estrelas, como Neymar, Borges e Gansos, não estarão em campo no Couto Pereira, a partir das 19h deste domingo.

Mas se engana quem pensa que o Coritiba está esperando um jogo fácil só porque vai enfrentar os reservas do Peixe. Muito pelo contrário, pois o atacante Leonardo prevê uma partida difícil no Couto Pereira. “Vai serum jogo difícil. O time reserva vem motivado. O pessoal está dando trabalho, ganharam do Ceará lá em Fortaleza. A gente tem que se motivar bastante, pois domingo não será jogo fácil”, afirmou o jogador, lembrando que os reservas do Santos venceram o Ceará por 3 a 2, em pleno Presidente Vargas.

Quem tem o mesmo pensamento de Leonardo é o técnico Marcelo Oliveira, que além de não cogitar escalar reservas, espera um forte adversário no domingo. “O Santos, pela grandeza, é forte de qualquer jeito. O Coritiba se botasse um time B também seria forte. Então nós vamos nos mobilizar para tentar ganhar”, afirmou o comandante coxa-branca.