Júlio Rusch na cobrança de falta que garantiu o gol. (Divulgação/Coritiba)

O meia Júlio Rusch não escondeu o segredo da cobrança de falta que garantiu a vitória do Coritiba por 1 a 0 no clássico sobre o Atlético, na primeira partida da final do Campeonato Paranaense. De acordo com o autor do gol, os jogadores de baixa estatura na barreira ‘ajudaram’ no momento do chute.

“Até comentei com o João Paulo e o Pablo que a barreira deles não era alta e iria bater por cima do Pierre que é baixinho. Fui feliz e fiz o gol”, declarou Júlio Rusch, que cobrou a falta por cima do experiente Pierre, de apenas 1m72.

Esse é apenas o segundo gol do meia com a camisa do Coritiba no Campeonato Paranaense. O primeiro foi na vitória por 3 a 0 sobre o Londrina, ainda na Taça Dionísio Filho. O camisa 8 também se destaca com suas assistências para os companheiros e é o líder da equipe no quesito.

Com a vantagem conquistada em casa, o Coritiba joga pelo empate na partida de volta, na Arena da Baixada. Já o Atlético precisa da vitória por dois gols de diferença, no mínimo, para ganhar o título no tempo normal. A vitória atleticana por um gol leva a decisão para os pênaltis.

Assista ao gol de Júlio Rusch: