Abner, em 2013, quando jogava no Coritiba. (Divulgação/Coritiba)

A negociação para o retorno do lateral-esquerdo Abner está paralisada. De acordo com o presidente do Coritiba, Samir Namur, um impasse jurídico dificulta o empréstimo junto ao Real Madrid, clube detentor dos direitos econômicos, e até uma consulta à FIFA já foi realizada para saber se é possível a negociação.

“A situação do Abner é parecida com a pelo menos um ex-atleta nosso. Ele procurou o Coritiba porque queria retornar por motivos de carreira e identificação com o clube. O Coritiba não foi atrás do Abner, assim como ex-atletas que foram cogitados. Dentro da análise do departamento de futebol, o Abner poderia ajudar porque se encaixaria no perfil financeiro adequado, mas existe um impasse jurídico para saber se o Real Madrid pode, ou não, emprestar. O Real Madrid fez uma consulta à FIFA, que ainda não respondeu”, explicou Namur.

Abner é considerado uma das maiores promessas do Coritiba dos últimos anos e foi vendido para o Real Madrid, em 2014. O lateral atuou no time B durante três temporadas e foi emprestado no meio do ano passado para o Estoril, de Portugal. Há duas semanas, o jovem retornou para Curitiba e acompanhou as últimas partidas do time coxa-branca no Campeonato Paranaense e Copa do Brasil.

Outro nome especulado para reforçar o Coritiba é do lateral-direito Carlos César, pouco aproveitado no Atlético-MG. Samir Namur revelou que existem conversas para contar com o jogador, mas a negociação ainda está em andamento. “É um atleta que foi prospectado. Existe uma negociação, mas nada concretizado”, disse.