Por Rodrigo Dornelles com informações de Osmar Antônio
Iago mira vitória fora de casa para subir na tabela. (Divulgação/ Coritiba)

Iago mira vitória fora de casa para subir na tabela. (Divulgação/ Coritiba)

Duas vitórias, dois empates, a quinta melhor campanha do segundo turno e o Coritiba reage na classificação, mas ainda não conseguiu se distanciar da zona de rebaixamento. O que está faltando? O meia-atacante Iago, que rejeita o rótulo de talismã mesmo com decisivas atuações entrando no decorrer das partidas, acredita que vencer fora de casa é a chance de o Coxa deixar o Z4 para trás.

Autor de gols importantes nessa recuperação após entrar na partida vindo do banco de reservas, o jogador rejeita ser chamado de talismã alviverde. “Pelo menos para mim eu não carrego não (o rótulo). Se eu entro jogando ou entro depois tento dar o meu melhor. Fui feliz fazendo gols, mas sempre que entro eu tento sempre dar o máximo, o melhor para ajudar a equipe”, comentou Iago.

O seu melhor tem sido importante para ajudar a equipe na recuperação dentro do campeonato, e Iago destaca a importância da próxima partida, domingo (11), fora de casa, contra a Chapecoense. As equipes estão separadas por dois pontos e ele acredita que uma vitória como visitante deixará o Verdão longe da zona. “É um confronto praticamente direto com a Chapecoense, até porque a gente teve duas vitórias e dois empares no returno e não consegue sair dali. Acho que o principal ponto para dar uma alavancada acho que é ganhar fora de casa. Contra a Chapecoense é um confronto direto, temos que ir lá para ganhar sim”, afirmou o atleta.

E para consumar a vitória longe de Curitiba, o jogador coxa-branca fala da importância da eficácia ofensiva. “Está faltando a bola entrar fora de casa, a gente vem jogando bem e infelizmente a bola não entrou. Contra a Chapecoense, se a gente trabalhar forte, a bola vai entrar e a gente vai conseguir dar uma alavancada no campeonato”, disse Iago.

Desde que o técnico Paulo César Carpegiani assumiu a equipe, o Coritiba não perde no Campeonato Brasileiro. Resultados que, na visão de Iago, são frutos da confiança. “Acho que todo elenco está assimilando bem o que o professor vem pedindo, ele vem dando muita confiança para o grupo jogar”, destacou o meia-atacante. “O mais importante é o treinador confiar na gente e a gente passar confiança para ele. Todos nós estamos trabalhando para ajudar o Coritiba a sair dessa situação no Brasileiro e também passar à próxima fase da Sul-Americana”, acrescentou.