Por Pedro Melo

Acerto com Barcelona dificultou negociação de Ronaldinho com o Coritiba. (Reprodução/Facebook)

A novela Ronaldinho chegou ao fim com um desfecho nada agradável para o Coritiba. Depois de assinar contrato por 10 anos para ser embaixador do Barcelona, o meia negou a proposta para defender o Coxa nesta temporada e a diretoria encerrou as negociações.

O Coritiba recebeu o ‘não’ de Ronaldinho após contato com a diretoria do clube. Em nota publicada no site oficial, o Coxa afirmou que os novos compromissos fora de campo dificultaram a negociação com o atleta. “Na declaração, foram destacadas as razões para a negativa à proposta coxa-branca, que mais de uma vez foi mencionada pelo empresário do atleta como muito boa. Mas os recentes compromissos assumidos pelo meia com o Barcelona e a imediata repercussão de sua nomeação como embaixador do clube espanhol, geraram reflexo em sua agenda e inúmeros novos compromissos de curto, médio e longo prazo”, declarou.

A proposta coxa-branca seria de R$ 300 mil por mês, auxílio-moradia em bairro luxuoso próximo ao CT da Graciosa e seguranças particulares.

As negociações começaram há um mês, quando Belletti, diretor de relações internacionais do clube, viajou com Alex Brasil para conversar com o empresário do meia. No final de janeiro, o Coxa publicou nota oficial oficializando a proposta por Ronaldinho e esperaria o retorno do jogador para o Brasil no começo de fevereiro.

Neste período em que esteve na Europa, o meia recebeu homenagens do PSG e acertou para ser embaixador do Barcelona, além de jogar na equipe de lendas. Em sua apresentação, Ronaldinho comemorou o fato de trabalhar novamente no clube catalão. “Estou muito emocionado, muito contente por voltar para minha casa”, afirmou.

A torcida coxa-branca já tinha diminuído as esperanças no momento em que o atleta postou uma mensagem nas redes sociais dizendo que pretendia viajar o mundo inteiro neste ano. “2017 apenas começou. Vamos viajar pelo mundo, muitos amigos, oportunidades estão esperando por você!! Vejo vocês em algum lugar do mundo”, escreveu.

Confira a nota publicada pelo Coritiba:

O Coritiba Foot Ball Club informa que não dará sequência à contratação do meia Ronaldinho Gaúcho. A decisão alviverde foi anunciada na manhã deste sábado (04), após comunicado de R10 aos dirigentes e gestores do clube.

Na declaração, foram destacadas as razões para a negativa à proposta coxa-branca, que mais de uma vez foi mencionada pelo empresário do atleta como muito boa. Mas os recentes compromissos assumidos pelo meia com o Barcelona e a imediata repercussão de sua nomeação como embaixador do clube espanhol, geraram reflexo em sua agenda e inúmeros novos compromissos de curto, médio e longo prazo.

Esta nova condição comprometeria o projeto desenvolvido pelo Coritiba com o jogador. Por isto, a diretoria alviverde abdicou da contratação. A decisão foi confirmada pelo presidente alviverde, Rogerio Portugal Bacellar.

O Coritiba estava negociando com o empresário de Ronaldinho há alguns dias e havia dado um prazo para a avaliação da proposta financeira e negocial enviada pelo clube. Assis, empresário e irmão de Ronaldinho, mais de uma vez exaltou o projeto coxa-branca, sua ousadia e profissionalismo.