Por João Pedro Alves

Foi colocar o time principal em ação que o Coritiba se acertou, vem embalado de três vitórias e com a liderança do Campeonato Paranaense nas mãos. Para manter tudo isso, tem que passar pelo Operário na noite desta quinta-feira (27) no estádio Couto Pereira pela 9ª rodada do estadual. É um adversário centenário e tradicional, mas atualmente está na zona do “torneio da morte” e há muito tempo não ameça o time da capital.

No jogo de hoje o Coxa defende não apenas a primeira colocação, mas também um longo tabu de 24 anos sem perder para o Fantasma. A última vez que a equipe ponta-grossense levou a melhor no confronto foi no Paranaense de 1990, quando venceu por 1 a 0 em casa. Desde então, são 12 jogos disputados com oito vitórias alviverdes e quatro empates – três deles nas últimas três partidas.

(Foto: Divulgação/Coritiba)

Zé Love e Alex são as novidades ofensivas contra o Fantasma (Foto: Divulgação/Coritiba)

Para manter essa sequência positiva, além de segurar um Operário que precisa da vitória para deixar a nona colocação e o Z4, o Coritiba terá que superar os vários desfalques que tem. Roni e Geraldo, que já vinham sendo baixas, agora recebem companhia no departamento médico: Leandro Almeida, com um problema na coxa, e Norberto, com dores no ombro, foram vetados.

Quem também não joga, e não apenas nesta partida, é o atacante Deivid. O camisa 9 pediu a rescisão do contrato na justiça alegando atraso no pagamento dos direitos de imagem – ele teria recebido apenas duas parcelas desde agosto de 2012.

Os substitutos para as vagas em aberto não foram oficialmente confirmados por Dado Cavalcanti, mas não deve fugir daquilo que foi visto nos treinos. Na defesa, por exemplo, Chico ganha a titularidade e Alex está de volta ao meio-campo após ter sio poupado contra o Toledo. A grande novidade é a entrada de Zé Love no ataque para fazer sua estreia com a camisa coxa-branca.

Com esse esboço, o Coritiba deve subir ao gramado do Couto Pereira às 19h30 escalado com Vanderlei; Moacir, Luccas Claro, Chico e Carlinhos; Germano, Gil, Robinho e Alex; Julio César e Zé Love.

Notícias relacionadas:

Após espera, Zé Love é relacionado e deve estrear como titular contra o Operário

Com direitos de imagem atrasados, Deivid pede rescisão de contrato e abandona o Coxa

FICHA TÉCNICA
CORITIBA X OPERÁRIO

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR).
Data: 27 de fevereiro de 2014, quinta-feira.
Horário: 19h30.

Coritiba: Vanderlei; Moacir, Luccas Claro, Chico e Carlinhos; Germano, Gil, Robinho e Alex; Julio César e Zé Eduardo. 
Técnico: Dado Cavalcanti.

Operário: Marcelo; Alex, Vitor Hugo, Basso e Marquinhos; Cléber, Richardson, Matheus e Sandro; Pedrinho e Abuda.
Técnico: Gilberto Pereira.