Idário Café/VIPCOMM
Lucas é marcado pelo volante Willian em jogada de ataque do São Paulo no primeiro tempo de partida

Coritiba e São Paulo fizeram uma partida sonolenta no Morumbi. Acuado, o Alviverde ficou preso pela marcação adiantada do Tricolor e amargou o segundo empate consecutivo em 0 a 0 no campeonato. Pouco inspirado, o São Paulo bem que tentou subir ao ataque com Luís Fabiano e Lucas, mas foi parado pelas boas defesas de Vanderlei do início ao fim da partida. Bem postado na defesa, o Verdão pouco fez pelas pontas e na insistência pelo meio, virou presa fácil para a zaga são-paulina.

Ao empatar sem gols pela quinta vez no Brasileirão e manter a sina de não vencer longe do Alto da Glória, o Coritiba assume a 10ª colocação, com 42 pontos e fica a oito do G5. No próximo domingo (30), o time recebe o América-MG no Couto Pereira, às 16h, em partida válida pela 33ª rodada do campeonato.

Falta de criatividade joga para os dois lados

O primeiro tempo no Morumbi foi de pouca técnica e muitos impedimentos. Presos no meio campo, Coritiba e São Paulo protagonizaram poucas jogadas de perigo de gol na etapa inicial. Para tentar voltar a vencer em casa após seis rodadas de jejum, o Tricolor partiu pro ataque sob o comando de Lucas e Juan, que desperdiçou uma grande chance logo a seis minutos de jogos.

A defesa do Coxa se encorpou mais e, mesmo com o esquema adiantado do São Paulo, se segurou como pode. Mais firme na zaga, o Alviverde se soltou mais na dianteira e Marcos Aurélio tentou duas vezes de longa distância, sem grandes problemas para a defesa de Rogério Ceni. Nos acréscimos, foi Vanderlei quem brilhou e evitou o gol são-paulino com duas defesas à queima-roupa.

Vanderlei faz boas defesas e garante o placar

O São Paulo não fazia uma grande apresentação e o Coritiba não ousava pelas pontas. Com a entrada do ex-Coxa Marlos, o Tricolor ganhou em velocidade, mas esteve longe de ser soberano em campo. A boa oportunidade do Verdão veio aos 10 minutos, com Rafinha, que bateu forte para a explosão da bola na zaga. Marcos Aurélio engrossou o caldo na cobrança de falta que passou muito próxima do travessão de Ceni.

Aparentemente satisfeitos com o resultado sem gols, Coxa e São Paulo não deram pinta de que se arriscariam nos contra ataques em busca do resultado e a partida seguiu morna até os minutos finais. Firme no gol, Vanderlei foi decisivo nas poucas chegadas do Tricolor à meta: aos 41, Piris mandou a bomba e o goleiro fez uma linda defesa de mão trocada para garantir o zero no placar, que terminou fechado. Esse foi o quinto empate sem gols do Coxa no Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Brasileiro 2011 – 31ª rodada

São Paulo 0×0 Coritiba

Local: Morumbi
Data: 23/10/2011
Horário: 16h
Árbitro: Jailson Macedo Freitas/ BA (CBF)
Assistentes: Belmiro da Silva/ BA (CBF) e Raimundo Carneiro de Oliveira/BA (CBF)

Coritiba: Vanderlei; Jonas, Jeci, Emerson e Lucas Mendes; Willian, Léo Gago, Everton Costa (Davi), Rafinha; Marcos Aurélio (Anderson Aquino) e Bill. (Leonardo)
Técnico: Marcelo Oliveira

São Paulo: Rogério Ceni, Rodholfo, Wellington, Juan, Casemiro (Jean), Cícero (Fernandinho), João Filipe, Piris, Lucas (Marlos), Dagoberto e Luis Fabiano.
Técnico: Milton Cruz

Cartões Amarelos: Willian (Coritiba), Everton Costa (Coritiba), Dagoberto (São Paulo), Rafinha (Coritiba), Leonardo (Coritiba)
Cartões Vermelhos: não houve.
Gols: não houve.