O prata-da-casa Rafael Silva entrou em campo ontem, no Couto Pereira, e fez a diferença a favor do Coritiba ao sofrer dois pênaltis que ajudaram o Verdão a vencer o Paysandu por 4 a 1, no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil (apesar de Roberto ter desperdiçado a primeira cobrança).

O meia subiu este ano para o time principal do Coritiba e vem sendo aproveitado pelo técnico Marcelo Oliveira em algumas partidas da equipe alviverde. Ainda jovem e em início de carreira, Rafael Silva diz que aproveita a convivência com atletas mais experientes para aprender e amadurecer aos poucos.

“Eu venho procurando sempre ouvir conselhos de jogadores mais experientes, como Tcheco e Pereira, que sempre estão conversando comigo nesse meu começo. Aos poucos eu venho adquirindo isso e crescendo junto com o grupo. Quando eu entro, procuro fazer a diferença na partida”, afirmou Rafael Silva.

O jogador pode ser titular pela primeira vez na partida deste domingo, contra o Roma Apucarana, às 16h, no estádio Bom Jesus da Lapa, já que Oliveira confirmou que não vai utilizar os titulares do Verdão nesse duelo.