Divulgação/Coritiba
Jogador já treina normalmente e aguarda resposta definitiva do departamento médico para voltar ao time contra o Flu

De volta aos treinamentos e presença quase certa entre os titulares para o confronto contra o Flluminense, o meia Rafinha retorna ao time em um momento decisivo. Isso porque em 8º lugar na tabela, o Alviverde tem pela frente o desafio de tirar os seis pontos que o separam da zona de classificação à Libertadores da América.

“A gente precisa vencer fora. A gente sabe que dentro do Couto a gente vem fazendo o nosso papel. Então está mais que na hora de a gente fazer os três pontos de fora de casa, porque dentro de casa com o apoio da torcida a gente possa encostar cada vez mais no G4”, afirmou o jogador, ao reforçar outro objetivo que o Coxa ainda não conseguiu atingir: o de oferecer fora de casa a mesma ofensividade que tem no Couto Pereira.

Das 11 vitórias que tem no Brasileiro, apenas duas foram conquistadas longe da torcida. Para efeito de comparação, o Avaí, que tem apenas 29,8% de aproveitamento no campeonato tem três triunfos longe da Ressacada. “Se o que a gente quer é chegar na Libertadores, não adianta só vencer em casa porque vai faltar alguns pontos que a gente vai lamentar. Então tem que começar agora e trazer pontos de fora de casa para encostar no G4″”, apontou Rafinha, que aguarda a resposta definitiva do departameno médico para ser confirmado de volta no meio campo coxa-branca.