Por Rodrigo Dornelles

JOGO

Derrota do Coritiba na Arena Condá, em Santa Catarina. A equipe coxa-branca foi até Chapecó e fez um jogo aberto contra o time da casa. Parando no goleiro Danilo, da Chape, o Verdão não conseguiu balançar a rede na manhã deste domingo (11) e acabou derrotado com gol de Kempes, aproveitando saída errada de Wilson.

Em uma partida aberta, com boas chances de ambos os lados, as equipes viram os dois goleiros brilharem na etapa inicial, garantindo o zero no placar. Na etapa final, o goleiro Danilo, da Chape, fez defesas difíceis e evitou o gol coxa-branca. Do outro lado, o time da casa aproveitou uma saída errada de Wilson em cruzamento que Kempes cabeceou para o gol e definiu o marcador.

Com a derrota o Coritiba estaciona nos 29 pontos no Brasileirão e cai para a 14ª colocação devido à vitória do São Paulo sobre o Figueirense. Na próxima rodada, a equipe joga em casa, contra o Corinthians, quarta-feira (14), às 21h45. Já a Chapecoense sobe para a nona posição, com 34 pontos ganhos. Na próxima rodada, a Chape visita o Fluminense, quinta-feira (15), às 19h30.

Jogo movimentado, mas nada de gols

Os primeiros minutos de jogo na Arena Condá foram de pressão da Chapecoense. O time da casa saiu para o ataque e apertou o Coxa na defesa, mas sem levar grande perigo. Aos poucos o Alviverde paranaense foi se soltando e chegou com perigo em uma cobrança de falta direta de João Paulo, além de uma finalização de dentro da área de Alan Santos, ambas parando no goleiro Danilo. Em cobrança de escanteio, duas vezes, a equipe quase abriu o placar. Em uma delas, Juninho foi que cabeceou e mandou muito perto do gol da Chape.

Antes de terminar o primeiro tempo, a Chapecoense respondeu aos ataques perigosos do Coritiba e em uma sequência de lances bombardeou a defesa paranaense. Arthur Maia arriscou da entrada da área e mandou na trave, na volta, Gil chutou cruzado e Wilson fez uma defesaça, na sobra Bruno Rangel tentou e a defesa afastou e a bola caiu nos pés de Arthur Maia novamente que chutou forte para um milagre de Wilson. Uma sequência de quatro tentativas em que o Coxa se salvou e garantiu o zero no placar apesar da boa movimentação nos ataques.

Chape marca e Coxa para em Danilo

Equilibrado, o segundo tempo começou como o primeiro, aberto e com as equipes buscando o ataque. Quem chegou primeiro foi o Coxa e novamente pelo alto. Em cobrança de falta, Alan Santos desviou e Danilo fez uma defesaça para salvar. Também pelo alto um lance polêmico. Após escanteio, o desvio na área e, na tentativa de afastar, o zagueiro da Chape mandou em cima do próprio companheiro. Os jogadores do Coxa ficaram na bronca pedindo toque no braço e pênalti, o árbitro mandou seguir.

Se o Coritiba parecia mais próximo de abrir o placar, a Chape deu a resposta. Após jogada pela esquerda, o cruzamento na área e Wilson saiu mal do gol. Kempes não desperdiçou e tocou de cabeça para a rede. O Coxa partiu ao ataque para buscar o empate, mas parou no goleiro Danilo. Pelo alto, em duas oportunidades, e em outra chute de Evandro, o goleiro da Chape evitou o gol coxa-branca, garantindo a vitória da equipe catarinense.

FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE 1×0 CORITIBA

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC).
Data: 11 de setembro de 2016.
Horário: 11h.
Público e renda: 6.101 torcedores/ R$ 73.125,00.
Árbitro: Diego Almeida Real (RS).
Assistentes: José Eduardo Calza (RS) e Alexandre Pruinelli Kleiniche (RS).

Chapecoense: Danilo; Gimenez, Filipe Machado, Thiego e Dener; M Biteco, Gil (Lucas Gomes), Cléber Santana e Arthur Maia (Sérgio Manoel); Bruno Rangel e Kempes (Rafael Bastos).
Técnico: Caio Júnior.

Coritiba: Wilson; Walisson (Benítez), Luccas Claro, Juninho e Juan (Yan); Alan Santos, João Paulo, Raphael Veiga e Iago; Neto Berola (Evandro) e Leandro.
Técnico: Paulo César Carpegiani.

Cartão amarelo: Thiego e Gil (CHA). Evandro, Alan Santos e Juan (CFC).
Gol: Kempes aos 25′ do segundo tempo (CHA).