Por Rodrigo Dornelles

Uma noite inspirada de Robinho. O atacante do Atlético Mineiro viveu uma jornada de centroavante e marcou os dois gols da vitória alvinegra sobre o Coritiba por 2 a 1. O Coxa lutou e parecia que conquistaria pelo menos um ponto no Independência, mas acabou caindo diante do time mineiro.

Na etapa inicial, Robinho apareceu entre os zagueiros para marcar de cabeça, partindo de uma posição centímetros a frente da zaga, em impedimento. Depois do intervalo, o Verdão empatou já aos 31 minutos em jogada de Carlinhos, que tabelou com Kléber, recebeu de calcanhar e marcou o gol de empate. Mas Robinho, novamente bem posicionado na área, concluiu cruzamento de Clayton aos 39 minutos e definiu o placar.

Robinho fez os dois da vitória do Galo. (Divulgação/ Atlético Mineiro)

Robinho fez os dois da vitória do Galo. (Divulgação/ Atlético Mineiro)

Vice-lanterna do Campeonato Brasileiro, o Coxa segue sem vencer fora de casa. A equipe somou apenas dois pontos longe do Alto da Glória até o momento. E o próximo compromisso do time é também fora de casa, contra o Santa Cruz, sábado (23), no Arruda. Já o Galo encosta nos primeiros, com 23 pontos ganhos. Na próxima rodada, a equipe pega o líder Palmeiras, fora de casa, domingo (24).

Pelo lado, Galo sai na frente

O começo de partida foi todo do Atlético Mineiro, que empurrou o Coxa para a defesa e pressionou nos primeiros minutos. O time da casa, no entanto, não conseguia levar perigo. Aos poucos a marcação do Coritiba subiu e o desempenho da equipe também. O Verde passou a dominar as ações e chegou bem com Carlinhos, batendo fraquinha para defesa de Victor.

Em casa, o time alvinegro começou a fazer jogadas mais agudas quando sobraram as laterais do Verdão. Pela direita, Robinho quase abriu o placar. Carlos César cruzou e Carlos, de cabeça, também levou perigo. E foi nessa moeda que saiu o gol. Eduardo avançou, cruzou na medida e Robinho, centímetros em impedimento, cabeceou para as redes, entre os zagueiros, abrindo placar, que ficou em 1 a 0 na etapa inicial.

Tudo igual e ducha de água fria

Lá e cá, assim foi a etapa final de jogo. A equipe da casa insistia pelos lados enquanto o Coxa buscava o empate fora de casa na vontade. Os goleiros pouco trabalharam e só tiveram que ser acionados em lances tranquilos. Já aos 31 minutos o Coritiba foi recompensado com o gol de empate. Carlinhos acionou Kléber, o atacante devolveu de letra e Carlinhos invadiu a área para deixar tudo igual, marcando um belo gol no Horto.

Com o placar igualado, o Coxa imaginou que levaria ao menos um ponto do Independência. Mas o Galo fez o segundo novamente com Robinho, em noite inspirada. Em alta velocidade, a jogada pegou a defesa alviverde desarrumara e Clayton cruzou rasteiro para o atacante do Atlético fazer o segundo dele já aos 39 minutos. Lucas Pratto ainda teve uma oportunidade para ampliar, mas a partira acabou em 2 a 1.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 2×1 CORITIBA

Local: Arena Independência, em Curitiba (PR).
Data: 18 de julho de 2016.
Horário: 20h.
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS).
Assistentes: Carlos Berkenbrock (SC) e Elio Nepomuceno de Andrade Júnior (RS).

Atlético-MG: Victor; Carlos César, Leonardo Silva, Ronaldo e Douglas Santos; Rafael Carioca, Eduardo, Carlos (Lucas Pratto), Robinho e Maicosuel (Clayton); Fred (Lucas Cândido).
Técnico: Marcelo Oliveira.

Coritiba: Wilson; Ceará, Luccas Claro, Juninho e Carlinhos; Edinho (Leandro), João Paulo, Alan Santos (Felipe Amorim) e Juan (Bernardo); Kleber e Kazim,
Técnico: Pachequinho.

Cartões amarelos: Ronaldo (CAM); Edinho, Carlinhos e Kazim (CFC).
Gol: Robinho aos 40′ do primeiro tempo e aos 39′ do segundo tempo (CAM). Carlinhos aos 31′ do segundo tempo (CFC).