Ouça o áudio

Com um tempo inspirado e outro nem tanto, o Coritiba bateu o Paysandu por 4 a 1 no Couto Pereira e conseguiu uma boa vantagem para a partida de volta, na próxima quinta-feira (3), em Belém. No entanto, os 45 minutos iniciais, com gols de Anderson Aquino, Roberto e Éverton Ribeiro, deram esperança de um resultado ainda melhor. Na segunda etapa, Thiago Potiguar descontou para o Papão e Roberto perdeu um pênalti. Mas, já nos acréscimos, Tcheco não desperdiçou nova cobrança de penalidade máxima e decretou a goleada alviverde.

O Coxa pode perder a volta por até dois gols de diferença, que mesmo assim se classifica para as quartas de final, quando enfrentará o vencedor de Botafogo e Vitória. A única derrota por três gols que pode eliminar o time é pelo placar de 3 a 0. 4 a 1 para os paraenses leva a decisão para os pênaltis.

Coxa arrasa em dez minutos
O Coritiba começou o jogo investindo pelo lado direto, com Éverton Ribeiro caindo pelo setor e buscando tabelar com os homens de frente. Aos 11 minutos, a primeira grande chance da partida veio em cruzamento rasteiro de Jonas, que Lincoln desperdiçou ao receber livre pelo meio da área e chutar com displicência.

As melhores jogadas passavam, em sua maioria, pelos pés de Éverton Ribeiro. Porém, foi em um lance de bola parada, após cobrança de escanteio, que Lucas Mendes cabeceou com muito perigo, aos 19. Por sua vez, oPaysandu saía pelos lados do campo e tentava, ainda que de forma tímida, chegar ao gol coxa-branca.Aos 30 foi a vez de Roberto partir para cima da marcação. Ele limpou o defensor e saiu sozinho na frente de Paulo Rafael, mas bateu mal e desperdiçou boa oportunidade. Sorte que, logo na sequência, o Coxa fez dois gols seguidos. Primeiro Anderson Aquino aproveitou o passe que recebeu após sobra de bola para bater de fora da área e fazer um belo gol. Depois da saída de bola do Papão, Lincoln roubou e Aquino enfiou para Roberto, que desta vez não desperdiçou e ampliou a vantagem alviverde.

Sempre pelo lado direito, ainda deu tempo de chegar ao terceiro antes do final da primeira etapa. Aos 43, Roberto fez bom passe para Éverton Ribeiro, que havia acabado de perder boa chance, mas desta vez não bobeou e deixou a equipe com uma grande vantagem no intervalo.

Paysandu melhora e Coxa aproveita 50% dos pênaltis
O segundo tempo começou morno, já que o Coritiba não possuía o mesmo ímpeto dos 45 minutos iniciais. O Paysandu se aproveitava e chegava na frente com mais facilidade, porém sem conseguir finalizar com perigo. Para tentar reaquecer o time, Marcelo Oliveira colocou Renan Oliveira no lugar de Anderson Aquino.

Em uma das chegadas do Papão, aos 24, a defesa do Coxa afastou parcialmente, mas a bola sobrou para Thiago Potiguar, que balançou as redes e descontou para os paraenses. A resposta imediata de Oliveira foi colocar Sérgio Manoel no lugar de Jonas e Rafael Silva no de Lincoln.

O jovem meia tinha a missão de infernizar pelo lado esquerdo e foi isso que fez aos 34, quando invadiu a área e acabou derrubado por Thiago Costa. Roberto foi para a cobrança e bateu no canto esquerdo, mas viu Paulo Rafael acertar o lado e defender.

Monique Vilela

Já nos acréscimos, depois do Paysandu perder boas chances de descontar, o Alviverde saiu no contra-ataque e Rafael Silva foi derrubado novamente. No dia do goleiro, Paulo Rafael foi expulso ao receber o segundo cartão amarelo. Harison foi para a meta, Tcheco bateu com categoria e decretou a goleada por 4 a 1.

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR).
Data: 26/04/2012.
Horário: 19h30.
Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima (SP).
Assistentes: Vicente Romano Neto (SP) e Marcio Luiz Augusto (SP).
Cartões amarelos:Emerson, Renan Oliveira (Coritiba); Kariri, Paulo Rafael, Thiago Potiguar (Paysandu).
Cartões vermelhos: Paulo Rafael (Paysandu).
Gols: Anderson Aquino, 33’/1°T (1-0); Roberto, 35’/1°T (2-0); Éverton Ribeiro, 43’/1°T (3-0); Thiago Potiguar, 24’/2°T (3-1); Tcheco, 48’/2°T (4-1).
Público pagante: 9.228.
Público total: 10.750.
Renda: R$114.154,00.
Coritiba: Vanderlei; Jonas (Sérgio Manoel), Demerson, Emerson e Lucas Mendes; Júnior Urso, Tcheco, Lincoln (Rafael Silva) e Everton Ribeiro; Roberto e Anderson Aquino (Renan Oliveira).
Técnico: Marcelo Oliveira.
Paysandu: Paulo Rafael; Yago Pikachu, Douglas,Thiago Costa e Pablo (Adriano Magrão); Vânderson, Billy, Kariri (Harison) e Thiago Potiguar; Rafael Oliveira e Héliton (Bartola).
Técnico: Lecheva.