Vindo de um empate fora de casa, o Coritiba precisava vencer o Cruzeiro para subir na tabela e ainda sonhar com o G5 do Campeonato Brasileiro. E o Verdão não decepcionou a torcida ao derrotar a Raposa pelo placar de 2 a 1, na noite desta quarta-feira, no Couto Pereira.

O Coxa jogou muito bem até a metade do segundo tempo, quando o Cruzeiro descontou e foi com tudo em busca do empate. Mas a equipe alviverde se segurou bem e conquistou mais três importantes pontos, que deixam o Coritiba na 7ª colocação do campeonato, a quatro pontos da zona de classificação para a Libertadores.

Domínio alviverde nos primeiros 45 minutos de jogo

Jogando em casa, o Coritiba tomou iniciativa e foi pra cima do Cruzeiro, que de fato se apresentava bastante recuado em campo. Aos 4 minutos, Tcheco bateu falta da direita, a zaga da Raposa ficou parada e quase que Luccas Claro abriu o placar. Aos 17, Marcos Aurélio cruzou para a área e o goleiro Fábio se esticou todo para evitar que Bill cabeceasse para o fundo das redes.O Coxa era melhor em campo e o primeiro gol era questão de tempo, até porque o Cruzeiro sequer conseguia chutar a gol.

Aos 21 minutos, Emerson cabeceou com categoria e Fábio fez grande defesa. Um minuto depois, após novo cruzamento para a área, Fábio afastou mal, e Marcos Aurélio aproveitou o rebote, da entrada da área, para estufar as redes da Raposa: 1 a 0 Verdão. O tempo passava e só dava Coritiba, enquanto o Cruzeiro não chutou a gol nenhuma vez no primeiro tempo. Com tranquilidade, boas jogadas de ataque e um grande futebol, o Verdão fechou a etapa inicial à frente no placar: 1 a 0.

Verdão amplia a vantagem, cai de produção, mas segura a vitória

Assim como no primeiro tempo, o Coritiba dominava a partida também na etapa final e não dava espaço para o Cruzeiro chegar ao ataque. Aos 9 minutos, Bill bateu de primeira, mas a bola passou à direita da meta mineira. Jogando bem e dominando a partida, não demorou para sair o segundo gol do time da casa. Aos 13, Éverton Costa puxou rápido contra-ataque e tocou para Bill, que com categoria bateu na saída de Fábio, no canto esquerdo: 2 a 0 Verdão.

Mas aos 20 minutos, no primeiro lance de perigo da equipe mineira, Montillo cobrou escanteio, Bobô subiu mais que a zaga coxa-branca e cabeceou para o fundo das redes: 2 a 1 Coritiba. Após marcar o primeiro gol, o Cruzeiro se animou e equilibrou as ações do jogo, indo pra cima em busca do empate. O Verdão caiu de produção e os minutos finais foram emocionantes e com muito nervosismo em campo. Mas o Coxa se segurou bem, criou duas oportunidades, e garantiu a vitória por 2 a 1 até o apito final.