Yan Sasse comemora o gol da vitória coxa-branca. (Geraldo Bubniak/Estadão Conteúdo)

O Coritiba derrotou o Brasil de Pelotas por 1 a 0 e entrou no G4 da Série B pela primeira vez após cinco rodadas. O resultado positivo foi terceiro consecutivo do time alviverde no estádio Couto Pereira e manteve o 100% de aproveitamento dentro de casa.

Com a vitória, o Coxa assume provisoriamente a quarta colocação, com 10 pontos, e iguala a pontuação de Fortaleza e Paysandu, que têm um jogo a menos. Para terminar a rodada no G4, o Verdão precisa de derrotas de CSA e Figueirense contra Boa Esporte e Avaí, respectivamente.

O jogo

Ainda buscando a formação ideal, o técnico Eduardo Baptista mudou a formação no setor ofensivo com a entrada de Pablo para jogar mais próximo de Bruno Moraes. Com bola rolando, a novidade na escalação foi responsável pela primeira chance de gol da partida. Aos 6 minutos, o atacante recebeu cruzamento de Jean Carlos, mas errou na hora do cabeceio.

O centroavante Bruno Moraes não recebia a bola próximo da área e teve que buscar fora dela para quase abrir o placar para o Coritiba. Aos 17 minutos, o camisa 89 arriscou chute com muito efeito e a bola passou perto da trave. Do outro lado, o Brasil de Pelotas não levou nenhum perigo para o goleiro Wilson durante o primeiro tempo.

Na volta do intervalo, o Coritiba voltou com Guilherme Parede na vaga de Jean Carlos para melhorar o sistema ofensivo. O atacante entrou em campo disposto a ajudar e por muito pouco não deixou a sua marca. Porém, o chute da entrada da área foi defendido pelo goleiro Marcelo Pitol.

A equipe coxa-branca seguiu melhor na partida e não desperdiçou a chance aos 10 minutos. Júlio Rusch cobrou escanteio curto para Yan Sasse e o meia arriscou chute forte de dentro da área. O goleiro do Brasil de Pelotas falhou no lance e o Coxa abriu o placar.

Depois de marcar o gol, o Coritiba diminuiu o ritmo e levou um grande susto que quase resultou no empate do time gaúcho. Chiquinho recuou mal para Wilson, Michel tentou o drible, mas o goleiro levou a melhor na dividida. Já aos 29, o Coxa ainda teve a oportunidade de ampliar a vantagem com Bruno Moraes. O centroavante recebeu a bola de frente, porém, furou a finalização.

Após perder o gol feito, Bruno Moraes insistiu em deixar a sua marcar e quase marcou um golaço de bicicleta. Porém, a bola bateu no travessão e saiu pela linha de fundo. Nos minutos finais, as duas equipes tentaram mudar o placar, mas o Coritiba garantiu os três pontos.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 1X0 BRASIL DE PELOTAS-RS

Local: Couto Pereira, em Curitiba (PR).
Data: Terça-feira, 8 de maio de 2018.
Horário: 21h30.
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF).
Assistentes: Lehi Sousa Silva (DF) e Leila Naiara Moreira da Cruz (DF).
Público e renda: 5.466 pagantes/6.141 presentes/R$ 83.670,00

Coritiba: Wilson; Leandro Silva, Thalisson Kelven, Alex Alves e Chiquinho; Vitor Carvalho (João Paulo), Júlio Rusch, Jean Carlos (Guilherme Parede) e Yan Sasse (Rafhael Lucas); Pablo e Bruno Moraes.
Técnico: Eduardo Baptista.

Brasil de Pelotas: Marcelo Pitol; Tiago Cametá (Léo Bahia), Rafael Vitor, Heverton e Artur; Leandro Leite, Itaqui, Éder Sciola, Lourency e Welinton Júnior (Kaio Nunes); Michel (Luiz Eduardo).
Técnico: Clemer.

Cartões amarelos: Rafael Vitor (BRA); João Paulo (CFC).
Gol: Yan Sasse (CFC), aos 11′ do segundo tempo.