Coritiba tem a vantagem de decidir o título do primeiro turno em casa. (Divulgação/Coritiba)

O Coritiba está classificado para a final da Taça Dionísio Filho. Depois do empate em 1 a 1 no tempo normal, o Coxa teve 100% de aproveitamento nos pênaltis e levou a melhor por 4 a 2 contra o Foz do Iguaçu. Em busca do título e da vaga na grande decisão, o Verdão encara o Rio Branco, que eliminou o Atlético também nas penalidades, no estádio Couto Pereira.

No primeiro tempo, o Foz do Iguaçu saiu na frente aos 17 minutos com o atacante Luccas Brasil que aproveitou lance de oportunismo. Já aos 13 da etapa final, o meia Kady recebeu belo passe de Júlio Rusch e chutou no canto para empatar a partida.

Coritiba é dominado e sai atrás no primeiro tempo

Jogando em casa, o Foz do Iguaçu teve mais posse de bola e buscou a abertura do placar desde o começo da partida. Aos 7 minutos, William Matheus errou na saída de bola, mas Romércio evitou o cruzamento para o meio da área. Porém, aos 15, o time da fronteira abriu o placar em jogada de bola parada.

Depois da cobrança de escanteio, Leandro Silva desviou para o meio da área e Luccas Brasil apenas completou para o fundo das redes. O atacante recebeu cartão amarelo na comemoração. O Coritiba acordou após sofrer o gol, mas encontrou dificuldades no setor de criação e quase não deu trabalho para o goleiro Júlio César durante o primeiro tempo.

Coxa empata e decisão vai para os pênaltis

Na volta para o segundo tempo, o técnico Sandro Forner colocou Kady no lugar de Guilherme Parede e foi justamente o jovem meia quem empatou a partida. Aos 13 minutos, Júlio Rusch levou a melhor na dividida com o marcador e tocou de letra para Kady que chutou no canto para deixar tudo igual.

Depois do empate, a partida ficou equilibrada e com chances para os dois lados. Aos 23, Iago Dias ficou de frente para o goleiro, mas não conseguiu tirar de Júlio César que fez a defesa. A resposta do Foz veio aos 37 e Marcelo Soares foi travado por Thalisson Kelven na hora do chute. A última chance do tempo normal foi com Evandro que perdeu a chance na cabeçada.

Coritiba tem 100% de aproveitamento e está na final

Nas cobranças, o Coritiba acertou as quatro cobranças com Kady, Iago Dias, Júlio Rusch e João Paulo. Já o Foz do Iguaçu perdeu a primeira e quarta cobranças. Wilson defendeu o chute de Luccas Brasil e Marcelo Soares isolou por cima do gol.

FICHA TÉCNICA
FOZ DO IGUAÇU (2) 1X1 (4) CORITIBA

Local: Estádio do ABC, Foz do Iguaçu (PR).
Data: Domingo, 18 de fevereiro de 2018.
Horário: 17h.
Árbitro: Edivaldo Elias da Silva (PR).
Assistentes: Luciano Roggenbaum (PR) e Felipe Gustavo Schmidt (PR).
Público e renda: 2.422 pagantes/2.617 presentes/R$ 54.610,00

Foz do Iguaçu: Júlio César; Paulinho, Leandro Silva, Alex Maranhão e Anderson Tasca (Luiz Beltrame); Maycon Canário, Matheus Olavo, André Oliveira e Douglas (Mathiola); Raphael Alemão (Marcelo Soares) e Luccas Brasil.
Técnico: Negreiros.

Coritiba: Wilson; Marcos Moser, Thalisson Kelven, Romércio e William Matheus; Vitor Carvalho, Júlio Rusch e Thiago Lopes (João Paulo); Iago Dias, Guilherme Parede (Kady) e Alecsandro (Evandro).
Técnico: Sandro Forner.

Cartões amarelos: Luccas Brasil (FOZ); William Matheus e Thalisson Kelven (CFC).
Gols: Luccas Brasil (FOZ), aos 17′ do primeiro tempo, e Kady (CFC), aos 13′ do segundo tempo.