Coritiba estreia na Copa do Brasil sub-20 contra a Ponte Preta. (Divulgação/Coritiba)

O Coritiba sub-20 se prepara para a temporada de 2018 com a missão de manter os resultados positivos do ano passado, quando foi vice-campeão do Campeonato Brasileiro da categoria. O primeiro desafio será a estreia na Copa do Brasil contra a Ponte Preta, nesta quarta-feira (28), às 16h, no estádio Couto Pereira.

Para a disputa da Copa do Brasil, o Coritiba terá praticamente a mesma base que disputou a Copa São Paulo de Futebol Júnior, em janeiro. Os principais nomes são o zagueiro Henrique Vermudt, o lateral-esquerdo Vinícius Araújo e o meia Matheus Bueno, que já trabalharam com o grupo principal.

“Depois da Taça São Paulo, ficamos um período de férias e iniciamos o período de treinamentos há três semanas. Nós estamos remontando a equipe pelas circunstâncias porque subiram muitos jogadores para o grupo principal. A base da equipe que vai iniciar a temporada de 2018 é a que jogou a Taça São Paulo”, declarou o técnico Mozart, em entrevista à Banda B.

Em 2017, o Coritiba chegou à final do Brasileirão sub-20, mas perdeu nos pênaltis para o Cruzeiro. Quase todos os titulares do time subiram para o grupo principal e seguem sendo comandados por Sandro Forner. Entre eles estão o lateral-direito Marcos Moser, os zagueiros Thalisson Kelven e Romércio e o volante Júlio Rusch.

Mesmo com todas as mudanças no grupo sub-20, Mozart acredita que o Coxa está preparado para enfrentar todos os adversários. “Temos uma equipe qualificada que vai competir com todas que vamos enfrentar durante a temporada. Qualquer time sente uma mudança tão grande como aconteceu na categoria. Mas temos uma base muito forte e alguns jogadores com certa experiência no profissional”, disse.