Por Pedro Melo 

Coritiba tem a pior defesa do Campeonato Brasileiro. (Divulgação/Coritiba)

Coritiba tem a pior defesa do Campeonato Brasileiro. (Divulgação/Coritiba)

O Coritiba segue com muitas dificuldades quando joga longe da torcida e segue sem pontuar fora de Curitiba. Mais uma vez, o Coxa não conseguiu impor seu melhor jogo como visitante e perdeu de virada para o América-MG por 2 a 1, na Arena Independência.

Parecia que a história seria diferente em Belo Horizonte quando Kleber aproveitou vacilo da defesa para abrir o marcador. Porém, a defesa coxa-branca voltou a falhar e o América-MG conseguiu virar a partida. Primeiro, Wilson falhou em cobrança de falta e Adalberto deixou tudo igual. Depois, Rafael Marques deixou Borges livre de marcação e o camisa 9 mandou de cobertura para o gol.

Com o resultado, o Coxa permanece com oito pontos na tabela de classificação e perdeu todas as vezes em que jogou fora de Curitiba. Na próxima rodada, o Verdão reencontra sua torcida e encara o Internacional na quinta-feira (23), às 21h30, no estádio Couto Pereira.

Primeiro tempo sem emoções

Sem Luccas Claro na defesa, o técnico Pachequinho colocou Juninho novamente como zagueiro e Carlinhos foi escalado na lateral-esquerda. O América-MG levou perigo pela primeira vez aos três minutos, mas Osman não alcançou a bola.

No decorrer da etapa inicial, as duas equipes encontraram muitas dificuldades de criarem jogadas e pouco levaram perigo. Do lado coxa-branca, o melhor momento foi de cabeça com Juan, porém, o goleiro João Ricardo não teve problema para defender. Já o América-MG quase abriu o placar em finalização de Eduardo, entretanto, João Paulo salvou de carrinho.

Coxa marca, mas leva dois gols

Se no primeiro tempo o jogo foi fraco tecnicamente, a etapa final teve emoção desde o começo. Logo aos quatro minutos, o Coxa aproveitou vacilo da defesa adversária para sair na frente. Kleber recebeu passe, em condição legal, driblou João Ricardo e apenas completou para o fundo das redes.

Porém, a vantagem coxa-branca durou apenas cinco minutos e o América-MG chegou ao empate. Depois de cobrança de falta, Wilson falhou e Adalberto marcou no rebote. Não demorou muito tempo e o time mineiro conseguiu a virada com Borges que aproveitou vacilo da defesa e mandou de cobertura.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG 2X1 CORITIBA

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte.
Data: 18 de junho de 2016.
Horário: 21h.
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ).
Assistentes: Dibert Pedrosa Moisés (RJ) e Luiz Cláudio Regazone (RJ).

América-MG: João Ricardo; Hélder, Artur, Adalberto e Danilo Barcelos; Leandro Guerreiro, Juninho, Eduardo (Alan Mineiro) e Ernandes; Osman (Sávio) e Borges (Victor Rangel).
Técnico: Sérgio Vieira.

Coritiba: Wilson; Dodô, Rafael Marques, Juninho e Carlinhos; Edinho, João Paulo (Leandro), Felipe Amorim (Vinícius), Ruy (Jorge Ortega) e Juan; Kléber.
Técnico: Pachequinho.

Cartões amarelos: João Paulo, Carlinhos e Juninho (CFC).
Gols: Kleber (CFC), aos 4′ do segundo tempo, Adalberto (AME), aos 9′ do segundo tempo, e Borges (AME), aos 12′ do segundo tempo.