Robson Gomes encerra passagem de três anos pelo Coritiba. (Divulgação/Coritiba) 

O Coritiba demitiu o preparador físico Robson Gomes na manhã desta sexta-feira (16). Ele era responsável pela preparação dos atletas desde a pré-temporada e fazia parte da comissão técnica permanente desde 2015. A decisão veio no mesmo dia da revelação de uma nova contusão do atacante Kleber.

Para o lugar de Gomes, Vítor Nemetz assumirá a função e já trabalhou no último treinamento do Coritiba antes da partida contra o Cianorte, neste sábado (17). Ele terá Tiago Ferreira e Hugo Padilha como auxiliares.

Robson Gomes iniciou a carreira de preparador físico no próprio Coritiba no final da década de 90 e foi homenageado em maio do ano passado por completar 500 jogos no clube. Ele também trabalho notável no Goiás, quando ficou sete anos.

Além de preparador físico, Gomes teve uma experiência inédita como técnico coxa-branca. O profissional comandou o time interinamente na partida contra o Flamengo, no Brasileirão do ano passado, após a demissão de Pachequinho.