Kady comemora seu primeiro gol na Série B. (Geraldo Bubniak/Estadão Conteúdo)

A ‘era Eduardo Baptista’ no Coritiba começou com o pé direito. Jogando diante da torcida no estádio Couto Pereira, a equipe coxa-branca venceu o Criciúma, de virada, por 2 a 1 e conquistou a segunda vitória consecutiva na Série B do Campeonato Brasileiro.

A noite começou com festa da torcida na entrada do Coritiba. Porém, os torcedores levaram um susto com o gol de João Paulo logo aos 17 minutos de jogo. O Coxa mostrou poder de reação e empatou ainda no primeiro tempo com o jovem Kady. Já no segundo tempo, o treinador apostou na entrada de Yan Sasse e o meia marcou o gol da vitória logo no primeiro toque na bola.

Com a segunda vitória seguida, o Coritiba sobe para seis pontos e entra na parte de cima da tabela de classificação da Série B. Eduardo Baptista terá uma semana para preparar o time até a próxima rodada contra o Oeste, na sexta-feira (04), às 21h30, em Barueri.

O jogo

Para sua estreia, o técnico Eduardo Baptista realizou apenas uma mudança na escalação com a entrada de Chiquinho na vaga de César Benítez. Com a mudança, o volante Vinícius Kiss foi improvisado na lateral-direita. As trocas demoraram para surtir efeito e o Criciúma aproveitou para abrir o placar.

Aos 17 minutos do primeiro tempo, João Paulo recebeu dentro da área e teve muita tranquilidade para dominar, girar e mandar no canto do goleiro Wilson. Após o gol, o Coritiba ‘acordou’ na partida e teve sua primeira chance apenas aos 23. Kady recebeu na ponta direita, tentou o cruzamento na área, mas ninguém apareceu para completar.

O jovem Kady foi o jogador que mais apareceu no ataque e responsável pelo gol de empate ainda na etapa final. Aos 32 minutos, o camisa 27 pegou rebote da entrada da área e chutou com força no canto para deixar tudo igual. Foi o terceiro gol do meia na temporada.

Já no segundo tempo, o Criciúma voltou melhor e teve duas chances para voltar a frente no marcador. Entretanto, o goleiro Wilson salvou mais uma vez o time alviverde. Para melhorar o sistema ofensivo, Eduardo Baptista colocou Yan Sasse no lugar de Júlio Rusch. O meia se tornou o herói da partida ao virar a partida logo no primeiro toque na bola.

Depois da virada coxa-branca, o Criciúma partiu para o ataque e quase empatou na sequência. Porém, Wilson evitou o empate no chute de João Paulo e, depois, na cabeçada de Nicolas. Na reta final, a partida caiu de qualidade e o Coritiba se segurou na defesa para garantir os três pontos.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 2X1 CRICIÚMA

Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).
Data: Sexta-feira, 27 de abril de 2018.
Horário: 21h30.
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO).
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Hugo Savio Xavier Correa (GO).
Público e renda: 7.713 pagantes | 9.261 total | R$ 141.960,00

Coritiba: Wilson; Vinícius Kiss, Thalisson Kelven, Alex Alves e Abner (João Paulo); Vitor Carvalho, Júlio Rusch (Yan Sasse) e Jean Carlos; Kady (Guilherme Parede), Chiquinho e Bruno Moraes.
Técnico: Eduardo Baptista.

Criciúma: Luiz; Sueliton (Natan), Nino, Sandro e Marlon; Liel, João Paulo, Nicolas, Elvis e Andrew (Jean Mangabeira); Lucas Coelho (Mailson).
Técnico: Argel Fucks.

Cartões amarelos: Kady, Júlio Rusch e Bruno Moraes (CFC); Liel, Nicolas, Sandro, Elvis, Sueliton e Jean Mangabeira (CRI).
Gols: João Paulo (CRI), aos 18′ do primeiro tempo, Kady (CFC), aos 33′ do primeiro tempo, e Yan Sasse (CFC), aos 14′ do segundo tempo.