Kleber deixou o clube na última semana para realizar exames no Fluminense (Divulgação/Coritiba)

Depois de ter sido liberado pelo Coritiba para acertar com o Fluminense e ser reprovado nos exames médicos do time carioca, no último sábado (12), o atacante Kleber segue com o futuro incerto. Com contrato vigente no clube paranaense, a diretoria alviverde aguarda um posicionamento do Tricolor para saber se o jogador retorna ou não ao Alto da Glória.

“O Kleber foi liberado pelo Coritiba para realizar exames no Fluminense em comum acordo entre os setores jurídicos dos dois clubes. Aguardamos oficialmente um pronunciamento deles a respeito desse caso para nos manifestarmos”, afirmou o diretor de futebol do Coxa, Augusto de Oliveira, em entrevista coletiva.

Com contrato até o final deste ano com o clube, o atacante é aguardado novamente em Curitiba para uma conversa com a diretoria que deve definir se seguirá cumprindo o vínculo até o término ou se buscará outra alternativa.”A gente não pode esquecer que o Kleber tem um contrato com o Coritiba. Isso é uma condição básica de trabalho. Agora, como nós abrimos mão e entendemos que valeria a pena ele ir até lá, já que era um desejo do Fluminense, nós ficamos aguardando o clube se posicionar. Caso não aconteça, ele retorna para Curitiba e nós conversamos novamente”, acrescentou o dirigente coxa-branca.

No Coxa desde 2015, o Gladiador foi artilheiro da equipe nas duas últimas temporadas. No entanto, pouco atuou no segundo semestre de 2017, por conta de suspensão de 15 jogos imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por agressão ao volante Edson, do Bahia, e por lesões no joelho. Na atual temporada, por conta do convívio com problemas físicos, Kleber disputou apenas seis partidas e marcou somente um gol.