Por Guilherme Coimbra

Willian Pottker abriu o caminho para a vitória da Ponte Preta em Campinas (Fábio Leoni/Ponte Press)

Willian Pottker abriu o caminho para a vitória da Ponte Preta em Campinas (Fábio Leoni/Ponte Press)

Com jovens jogadores em campo, o Coritiba deixou escapar a chance de classificar para a Sul-Americana, na tarde deste domingo (11), em Campinas, onde foi derrotado pela Ponte Preta por 2 a 0. Os gols da vitória pontepretana foram marcados por Willian Pottker e Ravanelli, todos na etapa final da partida.

Depois de um primeiro tempo morno e com domínio total da Ponte Preta, onde o destaque foi o goleiro coxa-branca Rafael Martins, a Macaca abriu o placar aos 14 minutos da segunda etapa, com Willian Pottker cobrando pênalti. O segundo gol dos mandantes veio logo em seguida, aos 19, com Ravanelli, aproveitando cruzamento de Nino Paraíba.

Com esse resultado, o Coxa fecha o Brasileirão com 46 pontos, na 15ª colocação, e não se classifica para a Copa Sul-Americana de 2017.

Goleiro brilha e garante empate no primeiro tempo

Com um primeiro tempo de pouca movimentação e fraco tecnicamente, o Coritiba sequer assustou a meta da Ponte Preta. Se o goleiro pontepretano Aranha não trabalhou, em contrapartida, Rafael Martins foi o grande nome coxa-branca na etapa inicial, fazendo cinco defesas difíceis e levando o empate sem gols para o vestiário.

Ponte segue dominando e mata o jogo em 20 minutos

Sem conseguir imprimir ritmo na segunda etapa, o Coxa sofreu o primeiro gol logo no começo. Aos 10 minutos, Zé Roberto bateu de fora da área, Rafael Martins rebateu e, no rebote, cometeu pênalti em Willian Pottker. O goleiro coxa-branca sentiu no lance e foi substituído por William Menezes, que não achou nada na cobrança de Pottker e não conseguiu evitar o primeiro gol adversário.

A Macaca ampliou o marcador aos 19 minutos, em jogada de Nino Paraíba pela direita, que cruzou na área e encontrou Ravanelli, livre, para cabecear e marcar o segundo da Ponte Preta no jogo. Depois do gol, a equipe campineira diminuiu o ritmo e viu o Coritiba se esforçar para criar chances. Vinicius, aos 37, e Bernardo, no minuto seguinte, tentaram duas vezes e pararam em fáceis defesas de Aranha.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA 2X0 CORITIBA

 
Local: Moisés Lucarelli, Campinas (SP).
Data: 11 de dezembro de 2016.
Horário: 17h.
Árbitro: Francisco de Paula dos Santos Silva Neto (RS).
Assistentes: Lúcio Beiersdorf Flor (RS) e Alexandre Pruinelli Kleiniche (RS).
Público e renda: Total: 3.095 | Renda: R$ 23.445,00

Ponte Preta: Aranha (Ivan); Nino Paraíba, Antonio Carlos, Fábio Ferreira e Breno Lopes; Wendel, Matheus Jesus e Ravanelli; Rhayner, Willian Pottker e Zé Roberto (Léo Cereja).
Técnico: Felipe Moreira

Coritiba: Rafael Martins (William Menezes); Dodô, Walisson Maia, Romércio e Geovane; Ícaro, Júlio Rusch (Carvalho), Yan Sasse (Ruy) e Bernardo; Iago e Vinicius.
Técnico: Paulo César Carpegiani.

Gols: Willian Pottker (PON) aos 14’ e Ravanelli (PON) aos 19’ do segundo tempo.
Cartão amarelo: Walisson Maia (CFC).