O Coritiba foi castigado neste domingo (23), contra o Sport, dentro da Ilha do Retiro. Após ter boa chance de matar o jogo, o Verdão levou um gol de pênalti, aos 47 minutos e foi derrotado no importante jogo diante o time de Recife. O Verdão é o 16º com 28 pontos, um a mais que o adversário, que está dentro da zona de rebaixamento.

Primeira etapa sem muitas chances

O Coritiba começou a partida dentro da Ilha do Retiro de forma sonolenta, deixando o Sport chegar ao gol de Vanderlei, tendo poucas chances, porém, segurando a bola no pé.

Aos poucos, o Verdão começou a acordar no jogo e explorar os lados do campo, principalmente pela lateral-direita, onde Ayrton e Gil agrediam no ataque, levando perigo para o time da casa.

A melhor chance do jogo foi Coxa, que após boa jogada de Éverton Ribeiro, o meia ficou no chão. Na cobrança de falta, o lateral-direito Ayrton meteu por cima do gol, com perigo.

Sport vence após cobrança de pênalti aos 47 do segundo tempo

O Coritiba voltou com o propósito de segurar o jogo e foi praticamente um ataque contra defesa do time da casa contra o Alviverde Paranaense.

O goleiro Vanderlei, do Coxa, fez alguns milagres, como uma cabeça de Gilberto, após cruzamento da direita, em que o goleirão Alviverde se esticou inteiro para defender no cantinho.

Aos 37, o Coxa teve a grande chance de sair com a vitória. Éverton Ribeiro tabelou com Eltinho, entrou na área e tocou para Lincoln, que na cara do gol, dominou e bateu com força para grande defesa de Saulo.

No finalzinho, o destino castigou o Coritiba. Robinho perdeu a bola e acabou fazendo pênalti em Felipe Azevedo. Na cobrança, o atacante Gilberto bateu no meio do gol e garantiu a vitória.

Com o resultado, o Coritiba se manteve na 16ª colocação, com 28 pontos, um na frente do Sport, o primeiro time dentro da zona de rebaixamento. No próximo domingo (30), o Verdão enfrenta o São Paulo em casa.

FICHA TÉCNICA
SPORT X CORITIBA

Local: Estádio Ilha do Retiro, em Recife (PE).
Data: 23 de setembro de 2012, domingo.
Horário: 18h30.

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden.
Assistentes: Carlos Berkenbrock e Marcelo Bartenha Barison.

Sport:Saulo; Cicinho, Bruno Aguiar (Aílson), Diego Ivo e Renê; Tobi, Moacir, Rithelly (Marquinhos Gabriel) e Hugo (Gilberto); Felipe Azevedo e Gilsinho.
Técnico: Waldemar Lemos.

Coritiba: Vanderlei; Ayrton, Demerson, Escudero e Eltinho; Willian, Gil, Robinho, Éverto Ribeiro e Lincoln (Júnior Urso); Marcel (Éverton Costa) (Rafael Silva).
Técnico: Marquinhos Santos.

Cartões amarelos: Diego Ivo e Gilson (SPT); Escudero e Robinho (CFC).
Gols: Gilberto (SPT), aos 47 minutos do segundo tempo.