Confira o gol da vitória do Coritiba na narração de Marcelo Ortiz:

Com Wilson mais uma vez sendo melhor em campo, Coritiba voltou a vencer (Guilherme Artigas/FotoArena/Estadão Conteúdo)

Diante de pouco mais de 2 mil torcedores, que protestaram bastante contra o atual momento do clube, o Coritiba derrotou o Cianorte, por 1 a 0, na tarde deste sábado (17), no Couto Pereira, e somou seus primeiros pontos na Taça Caio Júnior. Com a vitória, o time quebra uma série de cinco jogos sem vitórias.

Em um primeiro tempo de pouco brilho e muita reclamação da torcida com mais uma atuação abaixo da média do Coritiba, foi o time do interior quem teve a grande chance de tirar o zero do placar. Aos 38 minutos, o árbitro marcou pênalti após toque no braço de Léo Andrade, que Richarlyson cobrou e o goleiro Wilson defendeu.

O único gol da partida saiu no início da segunda etapa. Aos dois minutos, após cruzamento de Júlio Rusch em cobrança de escanteio, o goleiro João Gabriel tentou afastar e acabou mandando contra o próprio gol, dando a vitória para o Alviverde.

Já eliminado, o Coritiba somou os três primeiros pontos na Taça Caio Júnior. O último compromisso do time na competição será na próxima quarta-feira (21), diante do FC Cascavel, no Estádio Olímpico Regional.

Wilson pega pênalti e segura zero a zero

Em um primeiro tempo equilibrado e com pouca efetividade do ataque das duas equipes, o Cianorte foi quem ficou mais próximo de abrir o placar, mas viu Wilson brilhar novamente e salvar o Coritiba.

Com apenas duas chegadas no ataque, com finalização de Pablo e fácil defesa de João Gabriel, e com grande chance perdida por Thiago Lopes, que recebeu cruzamento na área, pegou mal na bola e mandou por cima, o Coxa viu a defesa vacilar duas vezes e forçar o trabalho do seu arqueiro.

Aos 22 minutos, em erro defensivo, Neto Costa recebeu cruzamento e cabeceou sozinho na área, esbarrando em ótima defesa de Wilson. Aos 38 minutos, em nova bobeada do setor, Léo Andrade colocou a mão na bola dentro da área e a arbitragem marcou pênalti para o Cianorte. O volante Richarlyson cobrou no canto direito e o camisa 84 defendeu, garantindo o placar fechado no primeiro tempo.

Gol bizarro decide e Coxa vence a primeira

Com dificuldades para criar chances na frente, o Coritiba contou com uma ajuda do adversário para marcar o seu gol. Logo aos dois minutos, Júlio Rusch cobrou escanteio na área, a defesa do Leão do Vale se atrapalhou e o goleiro João Gabriel espalmou para dentro do próprio gol.

O Verdão ainda teve a chance de ampliar pouco depois, aos seis minutos, mas Pablo finalizou para fora após cobrança de escanteio de Rusch.

Precisando pelo menos do empate para não se complicar na briga pela classificação, o Cianorte cresceu no jogo. Apostando nos contra-ataques, o time do interior chegou duas vezes, com Xavier e Maikinho, esbarrando mais uma vez no goleiro Wilson.

O Coritiba ainda teve a oportunidade de vencer com maior folga. Aos 38 minutos, Yan Sasse recebeu belo passe de Alecsandro e, sozinho na área, pegou muito mal na bola e mandou por cima da meta, na última chance da equipe na partida.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 1X0 CIANORTE

Local: Couto Pereira.
Data: Sábado, 17 de março de 2018.
Horário: 16h30.
Árbitro: Adriano Milczvski (PR).
Assistentes: Luiz Paulo Galli (PR) e Alexsandro Euzébio da Silva (PR).
Público e renda: 2.234 pagantes | 2.427 total| R$ 47.985,00

Coritiba: Wilson; Marcos Moser, Romércio, Léo Andrade e César Benítez; João Paulo, Matheus Galdezani (Alvarenga), Júlio Rusch e Thiago Lopes (Yan Sasse); Pablo (Guilherme Parede) e Alecsandro.
Técnico: Sandro Forner.

Cianorte: João Gabriel; Guilherme Lucena (Gerônimo), Marcão, Feliphe Gabriel e Formiga; Morelli, Rafael Carrilho, Richarlyson (Maikinho) e Xavier (Edílson); Murilo e Neto Costa.
Técnico: Marcelo Caranhato.

Gol: João Gabriel [contra] (CFC) aos 2′ do segundo tempo.
Cartão amarelo: Pablo e Alvarenga (CFC).