Por Pedro Melo 

Coritiba terá força máxima na Sul-Americana. (Divulgação/Coritiba)

Coritiba terá força máxima na Sul-Americana. (Divulgação/Coritiba)

O Coritiba estreia na Copa Sul-Americana nesta quinta-feira (25) com o pensamento de conquistar seu primeiro título internacional da história. O primeiro compromisso será diante do Vitória, na Arena Fonte Nova, a partir das 21h45.

Diferentemente de outros participantes brasileiros, o técnico Paulo César Carpegiani já confirmou que vai escalar o que tem de melhor na partida em Salvador. A novidade será a escalação de Juan na lateral-esquerda e a entrada de Evandro para formar o trio de ataque com Neto Berola e Kleber.

Para o atacante Kleber, é possível o Alviverde conciliar a competição internacional com o Campeonato Brasileiro e ainda conquistar o título. “Por enquanto dá para conciliar. A gente abriu dois pontos ali [da zona de rebaixamento] e temos um jogo contra o São Paulo que está oscilando e podemos fazer um bom jogo. É possível ser campeão da Sul-Americana e espero que todo mundo acredite”, disse.

Vitória vai poupar jogadores

Ao contrário do Alviverde que vai com força máxima, o técnico Vágner Mancini já admitiu que vai poupar alguns jogadores na partida. “O fundamental é focar no Brasileiro, que é nossa maior dificuldade. A Sul-Americana está iniciando agora. Não que o Vitória vá abrir mão dela, mas tenho que dizer que, ao longo dessa semana, alguns atletas talvez não participem do jogo, para que a gente os tenha domingo contra o América-MG, porque o jogo tem mais importância”, declarou.

FICHA TÉCNICA
VITÓRIA X CORITIBA

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA).
Data: 25 de agosto de 2016.
Horário: 21h45.
Árbitro: José Argote (VEN).
Assistentes: Franchescoly Chacón (VEN) e Elbis Gómez (VEN).

Vitória: Fernando Miguel; Diogo Mateus, Victor Ramos, Kanu e Diego Renan; Willian Farias, Marcelo e Cardenas; Marinho, Kieza e Vander.
Técnico: Vágner Mancini.

Coritiba: Wilson; Dodô, Luccas Claro, Juninho e Juan; Edinho, João Paulo, Raphael Veiga e Evandro; Neto Berola e Kleber
Técnico: Paulo César Carpegiani.