Divulgação/Coritiba
Substituto de Lucas Mendes, suspenso, Eltinho volta a ter oportunidade no time titular contra o Galo

Há cinco partidas, o Coritiba não sabe o que é perder no Campeonato Brasileiro e o segredo do crescimento pode estar no equilíbrio entre ataque e defesa: nas últimas cinco rodadas, o time alviverde marcou sete gols e sofreu apenas um, na vitória sobre o América-MG, no último dia 30.

No comando da zaga, a experiência vem da dupla formada por Emerson e pelo capitão do time, Jeci.“A gente tem que agradecer o time todo pela disposição, pela garra, pela entrega no setor de marcação. A gente nunca tem que levar o mérito sozinho, ali no miolo de zaga, mas sim o time todo”, comentou o jogador. Curiosamente, é no ataque que o Coxa ostenta sua marca mais positiva, sendo o segundo time que mais balançou as redes no Brasileirão, com 54 gols marcados.

Para o meia Davi, confirmado no meio campo, o momento é de otimismo. Os últimos resultados aliados às boas apresentações dão esperança ao time.”A equipe está vivendo um momento feliz, com três vitórias seguidas e convincentes. Estou feliz por ter voltado depois de tanto tempo e tentando ajudar a equipe da melhor maneira possível”, afirmou o jogador.

Na próxima rodada, o Coxa terá que quebrar um tabu que já dura oito anos. Esse é o tempo que o time alviverde amarga de jejum de vitórias em Minas Gerais. Em 15 partidas pelo Brasileirão desde 2003, foram 12 vitórias do Galo e dois empates. Para tentar reverter o mau retrospecto, o time terá os retornos de Jonas e Eltinho, mas não poderá contar com Leandro Donizete e Lucas Mendes.

No ataque, Leonardo será mantido no time titular ao lado de Marcos Aurélio. Relacionado, Tcheco viaja com a equipe, mas começa o jogo no banco de reservas. Assim, o time que vai a campo enfrentar o Atlético-MG deverá ter Vanderlei; Jonas, Emerson, Jeci e Eltinho; Léo Gago, Willian, Rafinha e Davi; Leonardo e Marcos Aurélio.