Por Pedro Melo com informações de Osmar Antônio

Pachequinho afirma que segue interino até a contratação de novo técnico. (Divulgação/Coritiba)

A diretoria do Coritiba ainda está em busca de um novo técnico após a saída de Paulo César Carpegiani e deixa Pachequinho como interino até a definição para o caso. O auxiliar tem o apoio público dos jogadores para continuar como treinador, mas declarou que a situação ainda permanece a mesma.

“Não mudou nada do jogo do Atlético para cá. Minha função dentro do clube é auxiliar técnico e interino neste momento até a definição do novo comandante. Enquanto isso, eu, continuo fazendo as duas funções”, explicou o atual comandante.

No começo da semana, o meia Thiago Lopes defendeu que Pachequinho seja mantido no cargo. “Com certeza [defende a manutenção]. Quem é melhor do que ele? Desde 2015 está acompanhando a equipe e nos ajudando. Ele conhece cada jogador e sabe o que pegar de cada um para crescer e agregar ainda mais. Isso não cabe a nós e sim à diretoria, mas o Pachequinho tem nos ajudado muito e, se depender de nós, ele será o treinador”, afirmou, em entrevista à Banda B.

Enquanto não define a situação do auxiliar, o Coxa se prepara para a disputa de mais uma rodada e teve pela primeira vez sob o comando de Pachequinho uma semana inteira de treinamentos. “Essa semana de alguma forma estamos tentando equilibrar em todos os aspectos. Recuperação dos atletas, melhorar nossa produtividade com posse de bola e corrigir principalmente os nossos erros”, declarou.

Para a partida contra o JMalucelli, o treinador ainda não definiu a escalação, mas não descarta mudanças na equipe. “O ideal é não mexer. Apesar que cada jogo você ter uma estratégia e característica diferentes e algumas mudanças são naturais. Mas quanto mais manter o padrão, melhor será o conjunto. Tem que pensar também que depois de uma vitória, as coisas aconteceram de uma forma positiva. Eu conto com todos no grupo e sempre precisa elaborar uma estratégia para surpreender o adversário e muitas vezes passa por uma alteração”, disse.