Por Rodrigo Dornelles com informações de Osmar Antônio

Com o departamento médico bastante frequentado nesta temporada, os desfalques começam a preocupar o técnico Paulo César Carpegiani. O treinador revelou que iria conversar com os profissionais da área para saber exatamente quais as situações dos seus jogadores e espera ter o grupo à disposição o quanto antes. Apesar dos problemas, Carpegiani projeta progresso no time para o jogo contra o Santos, domingo (21), no Couto Pereira.

Esperando poder contar logo com os seus atletas, o treinador lamentou o elenco reduzido pelos desfalques por lesão. “Tem algumas coisas que nós temos que melhorar muito. Eu quero sentar, esclarecer, quero falar com esse meu pessoal, justamente sobre isso porque preciso de todos os meus jogadores à disposição, isso seria o ideal. Estou tendo dificuldade, e vou ter ainda mais para frente, por convocações até, que acaba criando problema. Estou com um elenco muito restrito exatamente por esses problemas que têm sido ocasionados”, comentou Paulo César Carpegiani.

Carpegiani quer saber sobre situação dos lesionados. (Divulgação/ Coritiba)

Carpegiani quer saber sobre situação dos lesionados. (Divulgação/ Coritiba)

Atualmente, Carlinhos, Walisson, Alan Santos, González, Ruy e Kazim seguem fora da equipe, machucados ou em processo de recuperção. O atacante Kléber ainda é outro que virou dúvida para o jogo, por conta de dores musculares. Por todos os problemas médicos, Carpegiani não cobra reforços da diretoria neste momento. “Eu falar sobre reforços agora seria prematuro e ingênuo da minha parte. Eu tenho excelentes jogadores que estão em recuperação e são soluções. De nada adianta pedir para a direção se tenho jogadores se recuperando com totais condições de serem titulares. Essa é a preocupação que estou tendo”, disse o treinador.

Mesmo com desfalques no departamento médico, o técnico coxa-branca elogia os trabalhos das últimas semanas e espera um progresso na equipe diante do Santos. “Mas independente de quem eu tenha, estou sempre satisfeito e vou tratar de escalar aquilo que acho e sou muito exigente em relação à parte tática também. Mas estou muito tranquilo, confiante, pela primeira vez gostei de um treinamento, taticamente, na quarta-feira, estou modificando também um pouquinho a dinâmica da equipe e estou confiante em um bom jogo contra o Santos”, comentou Carpegiani.

Idealizando os seus conceitos e o que busca em uma equipe, Paulo César Carpegiani comenta qual o objetivo final para o time dentro de campo. “Gosto de uma equipe agressiva independente de contar com esse ou aquele jogador, mas isso depende muito da equipe distribuída taticamente, tentar se impor dentro de campo. Gosto de uma equipe equilibrada, segura atrás, que tenha condição no meio. Aquela equipe que teoricamente é o ideal, mas esse é o caminho que estamos tentando. Acredito que vamos ter um progresso já contra o Santos, que é uma bela equipe”, disse o técnico alviverde.